Terça, 14 de agosto de 2018
(86) 99915-1055
CONPIALPER superbanner posição 3
Geral - Projeção

Postada em 10/08/2018 ás 08h38 - atualizada em 10/08/2018 ás 08h39

Publicada por: Bruna Dias

Fonte: R7

Quase metade das crianças brasileiras serão obesas em 2022
Segundo Ministério da Saúde, problema vai afetar 46% dos meninos e 38% das meninas.
Quase metade das crianças brasileiras serão obesas em 2022

Foto: Reprodução

Uma projeção feita pelo Ministério da Saúde aponta que no ano de 2022, o número de crianças obesas no Brasil deve ser o dobro do que o registrado em 2013. Se os índices continuarem crescendo na mesma proporção, em 2022 o país terá 46,5% dos meninos entre 5 e 9 anos sofrendo com a obesidade infantil.

Para as meninas, a projeção é menor, mas ainda chama a atenção: 38,2% das garotas entre 5 e 9 anos devem ser obesas em 2022. Os índices representam mais que o dobro do registrado há cinco anos, quando o número de meninos obesos era de 22,3% e o de meninas, 16,5%.

A meta do Ministério da Saúde é reduzir e voltar ao patamar de 1998, um índice de 16,8% para os meninos e 5% para as meninas. Um desafio que também envolve a família e a escola.

De acordo com a nutricionista Mariana Contiero San Martini, do Departamento de Pediatria da Unicamp, os altos índices de obesidade infantil envolvem uma série de fatores. Um deles é a dificuldade dos pais em conciliar trabalho e educação dos filhos.

“Eles precisam trabalhar fora, não têm tempo para cuidar e, muitas vezes, para se redimir, acabam comprando alimentos ultraprocessados que têm excesso de gordura, sal e açúcar”, explica a nutricionista.

Índice de obesidade é menor entre adolescentes

Se na infância o número de obesos é alto, ele diminui consideravelmente na adolescência. A projeção do Ministério da Saúde é que em 2022, 13,8% dos meninos entre 10 e 19 anos sejam obesos. Entre as meninas da mesma faixa etária, o número deve ser de 7,8%.

A nutricionista Mariana San Martini explica que a diferença entre os índices de crianças e adolescentes acontece por causa da mudança no senso crítico. Na adolescência, surge a preocupação com a aparência por isso, os jovens tendem a se preocupar mais com o que que vão comer.

A projeção do Ministério da Saúde para os adultos brasileiros é que 24,8% sejam obesos em 2022.

 

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Batalha Por Naldo Voz

Acidente na BR 222 em Batalha deixa mulher ferida

Barra D'alcântara Por Cleiton Brito

Prefeitura de Barra D'Alcântara Realizará Audiência Pública no Plenário da Câmara Municipal

Altos-PI Por Jair Fran

Programa 'Saúde Mulher' em Altos supera marca de dois mil atendimentos

Nazária-PI Por R10 municípios

Prefeitura de Nazária realizou II Feira da Agricultura

Capitão de Campos Por Celso Oliveira

Capitão de Campos comemora dia do Evangélico sábado dia 18 de agosto

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium