Quarta, 21 de fevereiro de 2018
(86) 99915-1055
Estudo

Postada em 16/11/2017 ás 09h10

Publicada por: Bruna Dias

Fonte: Agência Brasil

Cartão de loja é o tipo de crédito que mais leva à inadimplência
O estudo revela também que os devedores brasileiros continuam assumindo novos compromissos financeiros, mesmo não estando em dia com os que já tinha.
Cartão de loja é o tipo de crédito que mais leva à inadimplência

Foto: divulgação

Os cartões de loja são hoje a forma de financiamento que mais leva o consumidor para a inadimplência. Entre os devedores que têm esse tipo de cartão, 80% estão com o nome sujo justamente por causa dele. No ano passado, o índice era de 73%. A conclusão é de um levantamento feito pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todas as capitais. Na segunda colocação, aparecem os empréstimos em bancos e financeiras, que lideravam o ranking em 2016 com 75% e agora estão dez pontos percentuais abaixo.

Na sequência, aparecem os cartões de crédito (65%), os cheques especiais (64%), o crediário (60%), os cheques pré-datados (51%), o financiamento de automóveis e motos (50%), o crédito consignado (38%), o financiamento da casa própria (27%) e as mensalidades escolares (24%).

Na avaliação da economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, por mais que a economia brasileira comece a dar sinais de melhora, a vida financeira do brasileiro ainda não está em situação confortável. “O desemprego está estável, mas elevado, e a renda segue menor do que nos anos anteriores à crise. Com orçamento curto, o brasileiro se depara com dificuldades para pagar as dívidas”, explica. “Por isso é preocupante que as dívidas bancárias se posicionem entres os primeiros colocados, porque a incidência de elevados juros por atraso faz com que essas dívidas cresçam de maneira acelerada, dificultando cada vez mais o pagamento.”

Inadimplentes

O estudo revela também que os devedores brasileiros continuam assumindo novos compromissos financeiros, mesmo não estando em dia com os que já tinha. Nesse cenário, o maior crescimento é o das compras feitas em carnês e crediários. A incidência em um ano foi de 11% para 21%. O cartão de crédito também teve expansão expressiva, de 40% para 48%.

Nas dívidas em razão da contratação de serviços, as maiores altas foram com telefonia (53%), com expansão de 11 pontos percentuais entre 2016 e 2017, e das contas de TV por assinatura e internet, de 33% para 44%. Isso indica que o consumidor está priorizando manter em dias as contas mais importantes, como água e luz.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista R10

»

Agricolândia-PI Por Gilberto Alencar

Confira a programação religiosa do novenário de São José no Novo Horizonte

Olho D'água do Piauí Por Jô Mendes

Em Olho D'água comunidade ativa inicia suas atividades

Cabeceiras do Piauí Por Francisco Rocha

Veja a lista de classificados de Cabeceiras na primeira etapa do teste seletivo da Seduc

Miguel Alves-PI Por Dênis Sousa

Prefeitura de Miguel Alves se pronuncia sobre o Empreendimento Habitacional

Joaquim Pires-PI Por João Victor

NASF Realiza Projeto com Grupo de Pessoas com Sobrepeso e Obesidade

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium