Segunda, 19 de fevereiro de 2018
(86) 99915-1055
Investigação

Postada em 17/11/2017 ás 16h11 - atualizada em 18/11/2017 ás 12h28

Publicada por: Bruna Dias

Fonte: MP-PI

MP apura excesso de carga horária em escolas particulares de Teresina
Para pais dos alunos, o excesso de carga horária e a busca pela perfeição têm provocado quadros de ansiedade, depressão e pânico em crianças e adolescentes.
MP apura excesso de carga horária em escolas particulares de Teresina

A 45ª Promotoria de Justiça de Teresina, especializada na defesa dos direitos de crianças e adolescentes, promoveu audiência a fim de apurar a existência de situação de risco para a saúde mental dos estudantes matriculados em escolas particulares da Capital. Por meio de uma petição online, dirigida aos diretores dos estabelecimentos de ensino, representantes da sociedade civil solicitam o fim das aulas aos sábados.

“Nossos jovens vêm passando, nos últimos tempos, por situações-limite de estresse com tantas aulas, inclusive nos extenuantes dias de sábado. Crianças e adolescentes quase não têm tempo livre para descanso e diversão; não têm tempo para esportes e/ou outras atividades lúdicas; perdem feriados, pois os sábados os esperam com muitas aulas; não têm tempo para estudar outras línguas”, diz o documento, de autoria do professor universitário e Juiz Federal Márcio Braga Magalhães. Até o momento, 2066 pessoas apoiaram a petição.

O Ministério Público convocou representantes do Sindicato das Escolas Particulares, do Conselho Estadual de Educação e do Conselho Regional de Psicologia para debater o tema. 

De acordo com o autor da petição e com alguns pais dos alunos, o excesso de carga horária e a busca pela perfeição têm provocado quadros de ansiedade, depressão e pânico em crianças e adolescentes. O psicólogo Carlos Aragão, que trabalha com esse público, concordou com as colocações.

“As crianças e adolescentes, para terem boa saúde mental, necessitam de sono adequado, contato com a natureza, prática de esportes, lazer, ócio espiritualidade, como forma de dar vazão aos estresses e pressões diárias. A falta de qualquer uma destas práticas, que são fundamentais para a saúde mental, acarreta nos problemas mencionados. Hoje os jovens são orientados a obter a excelência máxima, com elevado perfeccionismo, situação na qual, ao não atingir o nível que lhe é exigido, se tornam pessoas frustradas e levadas a comportamentos autodestrutivos”, frisou o profissional. Os participantes discutiram ainda a prática de antecipação dos conteúdos, o que também contribui para a sobrecarga.

Ao final das discussões, os representantes do Conselho Estadual de Educação se comprometeram a levar ao pleno a proposta de oficiar as escolas particulares de Teresina, solicitando a informação sobre quantas reuniões escola-família foram realizadas em 2017, bem como a proposta de uma recomendação para o ano de 2018, no sentido de haver uma quantidade mínima de reuniões que promovam o diálogo. Nessas oportunidades, deve haver a discussão do Projeto Político Pedagógico Educacional e dos problemas internos da vivência dos alunos e da família.

Já o Conselho Regional de Psicologia se articulará com a Associação Brasileira de Psicologia Escolar para discussão sobre a saúde mental dos alunos da rede privada de ensino de Teresina e realização de pesquisa de campo na mesma rede, sobre depressão, automutilação, comportamento suicida, bullying e ciberbullying, ansiedade, dentre outros temas, apresentando ao Ministério Público Estadual o cronograma de pesquisa.

Ficou marcada uma segunda audiência para o dia 11 de dezembro, às 8h30min, também sob a condução do Ministério Público, sob a presidência da 45ª Promotoria de Justiça e com a participação dos Centros de Apoio Operacional presentes na primeira reunião. Serão convocados representantes do Conselho Regional de Medicina, da Associação Psiquiátrica do Piauí, do Conselho Regional de Psicologia, do Sindicato das Escolas Particulares de Teresina, da OAB-PI, do Conselho Estadual de Educação e das 20 maiores escolas de Teresina.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista R10

»

Lagoinha do Piauí Por Mysael Santana

Bandidos explodem carro-forte na BR-343 no povoado estaca zero Município de Lagoinha do Piaui

Floriano Por Ilizianny de Carvalho

Professores aprovados no seletivo da PMF tem 5 dias úteis para apresentar documentação

Água Branca-PI Por Lenno Oliveira

Secretaria de Educação realiza encontro pedagógico em Água Branca

Nazária-PI Por R10 municípios

Prefeitura inaugura escola e beneficia nove comunidades em Nazária

Pedro Laurentino-PI Por Lecio Bispo

Secretaria de Agricultura municipal de Pedro Laurentino distribui mudas de caju

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium