Quarta, 15 de agosto de 2018
(86) 99915-1055
Geral - LRF

Postada em 29/11/2017 ás 08h37 - atualizada em 01/12/2017 ás 10h37

Publicada por: Redação

Fonte: Senado Federal

Aprovado projeto de lei que garante repasses à segurança pública dos municípios
O projeto foi aprovado por 60 votos favoráveis, a unanimidade dos senadores presentes.
Aprovado projeto de lei que garante repasses à segurança pública dos municípios

Nessa terça-feira (28), o Plenário aprovou projeto de lei do Senado (PLS 247/2016) que facilita a transferência de recursos federais para estados e municípios na área de segurança pública. O texto autoriza a liberação do dinheiro, mesmo que governos e prefeituras estejam inadimplentes com a União.

A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) determina a suspensão das transferências voluntárias da União no caso de inadimplência. A LRF estabelece três exceções: estados e municípios podem contar com os recursos se eles forem destinados às áreas de educação, saúde e assistência social. O PLS 247/2016, do senador Omar Aziz (PSD-AM), estende o benefício para a segurança pública.

O projeto foi aprovado por 60 votos favoráveis, a unanimidade dos senadores presentes. Com apoio tanto da base do governo quanto da oposição, Omar Aziz afirmou que, com a regra atual, municípios inadimplentes são penalizados com a suspensão dos repasses.

— Muitos municípios inadimplentes não têm direito de receber recursos, no meio de uma grave crise que o Brasil atravessa na segurança pública. Esse projeto vai facilitar o acesso aos recursos para que possam fazer um trabalho na prevenção — afirmou Omar Aziz.

A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) explicou que muitas vezes prefeituras e governos estaduais deixam de receber os recursos para segurança pública por pendências meramente burocráticas.

— Não podemos admitir que recursos voluntários deixem de ser transferidos para estados e municípios por conta de burocracia. A LRF vem em boa hora, mas às vezes estamos falando de simples relatórios bimestrais que não foram cumpridos. Quem sai prejudicada é a sociedade brasileira — disse a parlamentar.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira, afirmou que a matéria faz parte da “agenda positiva da segurança pública”. O líder do governo, senador Romero Jucá (PMDB-RR), disse que o projeto “coloca a segurança pública como prioridade incontingenciável”. O projeto segue para a Câmara.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Lagoa do Sítio Por Ítalo Lima

Motoristas escolares entrarão em greve por falta de pagamento

Simplício Mendes Por Francisvaldo da Silva Rocha

Presidente da República, Michel Temer atende Reivindicação dos prefeitos em vetar a MP 827

Batalha Por Naldo Voz

Acidente na BR 222 em Batalha deixa mulher ferida

Barra D'alcântara Por Cleiton Brito

Prefeitura de Barra D'Alcântara Realizará Audiência Pública no Plenário da Câmara Municipal

Altos-PI Por Jair Fran

Programa 'Saúde Mulher' em Altos supera marca de dois mil atendimentos

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium