Terça, 17 de julho de 2018
(86) 99915-1055
[email protected]
(86) 9 9831-3533
Maranhão R10

Maranhão R10

Sebastião Silva Neto Notícias sobre o Maranhão.

[email protected]

(86) 9 9831-3533

Cidades - Réveillon

Postada em 01/01/2018 ás 01h53 - atualizada em 01/01/2018 ás 02h06

Publicada por: Sebastião Silva Neto

Fonte: Com informações: Redação jornal pequeno

Descubra 7 maneiras de prevenir a ressaca de Réveillon
Seja prevenido e comece o ano sem dor de cabeça!
Descubra 7 maneiras de prevenir a ressaca de Réveillon

Descubra 7 maneiras de prevenir a ressaca de Réveillon

Ninguém quer saber de ressaca (especialmente nos dias 1º de janeiro, quando mal estreamos um ano novinho em folha). Mas nós também não queremos deixar de beber para celebrar a chegada de 2018, né? A solução para isso é prevenir a ressaca ou, pelo enos, diminuir os efeitos dela no nosso corpo. Se todo mundo se precaver direitinho, todo mundo acorda bem no dia seguinte!

1. Vai, malandra – mas não misture drinks!De acordo com o endocrinologista Pedro Assed, membro da SBEM, o segredo para se evitar a ressaca é moderar na bebida alcoólica. Porém, na virada do ano, geralmente, não queremos muito controle. Daí, o que vale fazer mesmo é bancar a esperta durante os festejos. Evite misturar drinks e bebidas destiladas. Se você estiver bebendo cereja, fique só nela. O endócrino também indica ter sempre um copo de água por perto. “Hidrate-se bem durante os festejos e se alimente antes de ingerir bebida alcoólica”.

2. Os 1001 poderes da água de coco

Ela é rica em potássio, sódio, magnésio, e sais minerais. Segundo Pedro, é um dos melhores reidratantes naturais. “[Trate-se] de um repositor excelente do status de hidratação corporal”. Sabe aquele copo de água entre um drink e outro? Você pode substituir por uma água de coco. “Se for intercalado com o álcool, e nas 24h seguintes após a ingestão de bebida alcoólica ajuda bastante a reduzir os sintomas de ressaca como dor de cabeça, náuseas, prostração, e fraqueza”.

3. Remedinhos caseirosNão é lenda, eles realmente funcionam! Não estamos falando daqueles chás amargos que sua mãe costuma fazer quando você está mal. Os tais remédios são, na verdade, sucos ricos em vitamina C, como acerola, kiwi, tangerina, laranja e limão. “Eles atuam como poderosos antioxidantes e ajudam a diminuir os efeitos deletérios [prejudiciais à saúde] da ressaca”, explica Pedro.

Outros alimentos como canela, mate natural, e chocolate quente também são úteis para melhorar a disposição e evitar piora da dor de cabeça, mal-estar e astenia. “O gengibre, o alho e a cúrcuma são anti-inflamatórios naturais e podem também ser úteis nessas ocasiões”.

4. Cafezinho e sobremesa, por favor!

O café realmente ajuda a nos deixar menos zumbis no dia seguinte. A culpa é da cafeína que melhora a nossa prostração e tira aquela indisposição da ressaca. Mas não é para tomar um litro inteiro! “Deve ser usado com moderação. Uma xícara de café e uma aspirina podem tornar menos dolorosa a manhã pós-bebedeira”. E completa: “Um dos problemas do álcool é a hipoglicemia, por isso carboidratos e doces podem ajudar”.

5. Aposte nas bebidas energéticasPedro Assed recomenda bebidas com taurina, que são as famosas bebidas energéticas. A taurina é um aminoácido sintetizado no fígado e no cérebro, que ajuda na regulação dos níveis de água e sais minerais do sangue. Ela também diminuiu a fadiga muscular. “A taurina ajuda a quebrar a substância tóxica produzida quando o álcool é metabolizado pelo organismo, por isso refrigerantes e outras bebidas não alcoólicas que tenham taurina na sua fórmula ajudam na recuperação da ressaca”. Mas não exagere no consumo, ok?

6. Não, a fritura não vai ajudar

Quando terminamos uma noite repleta de álcool, parece que um dragão toma conta de nosso estômago. Queremos comer tudo o de mais calórico e gorduroso. Segundo o endócrino, temos de resistir bravamente a essa tentação. “Ao contrário do que muitos pensam, o consumo de comida gordurosa pode piorar os efeitos da ressaca, por isso evite: leite de vaca, carnes vermelhas e frituras”, afirma. Então, no dia seguinte, o melhor mesmo é dar preferência a carnes magras, legumes frescos crus ou cozidos e alimentos integrais.

7. FarmacinhaAqueles medicamentos vendidos em farmácia para curar ressaca ajudam. “Normalmente contém ginseng ou algum revigorante , guaraná ou cafeína além de dipirona ou paracetamol e um anti-emético em sua composição”. Agora, se você se hidratou bem e ainda assim sente dor de cabeça ou náuseas, não fique no remedinho caseiro ou qualquer outro. “Não aconselho auto-medicação. Nesse caso, deve-se consultar um médico para receber prescrição de um analgésico ou um anti-emético (remédio para náuseas/vômitos)”, aconselha Pedro.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista ADV
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium