Domingo, 22 de abril de 2018
(86) 99915-1055
Ministério nega

Postada em 05/01/2018 ás 09h26 - atualizada em 06/01/2018 ás 09h47

Publicada por: Bruna Dias

Fonte: G1

Deputados aliados do Governo indicarão prefeituras para receber recursos
Quem votou contra o governo não terá indicações atendidas.
Deputados aliados do Governo indicarão prefeituras para receber recursos

Foto: Raimundo Rosa

Deputados federais da base do presidente Michel Temer afirmaram ao G1 que o governo premiará parlamentares fiéis nas votações da Câmara em 2017 com a possibilidade de indicar prefeituras que receberão recursos para compra de ambulâncias e equipamentos odontológicos.

Segundo esses deputados, quem votou contra o governo não terá indicações atendidas. Em nota, o Ministério da Saúde negou e disse que a distribuição dos equipamentos "obedece a critérios técnicos”, sem relação com as votações na Câmara.

“Os recursos para o plano de distribuição dos equipamentos foram autorizados pelo PLN 33/2017, que foi apresentado ao Congresso Nacional em 15 de outubro e aprovado em 30 de novembro do ano passado, ou seja, não há relação com o calendário de votações do Legislativo”, afirmou a pasta.

Em dezembro, o ministério liberou dinheiro para a aquisição de 6,5 mil ambulâncias, 10 mil equipamentos odontológicos e mil vans destinadas ao transporte de pacientes para tratamentos não emergenciais.

Ao todo, informou a pasta, o governo vai desembolsar R$ 960 milhões. Os preços por unidade são os seguintes, segundo o ministério:  ambulância: R$ 80 mil;  consultório odontológico: R$ 25 mil; van de transporte sanitário eletivo: R$ 190 mil.

A portaria que liberou os recursos, publicada em 12 de dezembro, determina que os municípios e estados interessados em obter a verba para financiar a compra dos veículos e equipamentos deverão fazer a solicitação dos itens por meio de um sistema do Ministério da Saúde chamado e-Gestor.

Embora qualquer prefeitura possa fazer a solicitação, deputados ouvidos pela reportagem afirmam que só serão contemplados os pedidos de municípios indicados por parlamentares que votaram com o Planalto no ano passado.

O deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), um dos vice-líderes do governo na Câmara, afirmou que o critério será a fidelidade demonstrada pelo parlamentar.

“É governo ou não é governo? É governo? Recebe. Não é governo? Não recebe. Foi fiel? Recebe. Não foi fiel? Não recebe” , afirmou Perondi.

Perondi admitiu que, ele mesmo, indicou cerca de 20 prefeituras para serem beneficiadas. “É um [prêmio] de companheirismo, de fidelidade”, afirmou.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista R10

»

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva Barbosa

LDU goleia o The Boys na estreia da Copa Taça Festival Cultural 2018 e assume a liderança

Oeiras Por Thainah Cortez

Ministério Público aponta trabalho escravo em extração de carnaúba na região de Oeiras

Lagoinha do Piauí Por Mysael Santana

Prefeito Dr. Alcione Barbosa participa de Procissão e missa de enceramento dos Festejos

Olho D'água do Piauí Por Jô Mendes

Caravana Lula Livre passa por Olho D'água

São Gonçalo do Gurguéia Por Lucas Sena

Vereador Ricardo Barros consegue agua com recursos proprios para o bairro nova São Gonçalo

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium