Segunda, 21 de maio de 2018
(86) 99915-1055
[email protected]
(89) 9 9935-9989
Gilbués-PI

Gilbués-PI

Henrique Guerra Henrique Guerra é correspondente no município de Gilbués-PI

[email protected]

(89) 9 9935-9989

Cidades - Piauí

Postada em 22/01/2018 ás 09h58 - atualizada em 22/01/2018 ás 12h40

Publicada por: Henrique Guerra

Fonte: Diário do Povo

Fazendeiros no Piauí fazem 'vaquinha' para recuperar estradas e escoar a produção
Transcerrado
Fazendeiros no Piauí fazem 'vaquinha' para recuperar estradas e escoar a produção

Fazendeiros do Sul do estado estão se juntando para recuperar estrada e assim poderem ecoar a produção. O processo tem sido organizado pela Associação de Produtores de Soja e Milho (Aprosoja) que pretende realizar obras na PI-392, a rodovia Transcerrados, para garantir a trafegabilidade da estrada por onde escoam a produção de grãos.

Segundo os fazendeiros, com as chuvas, o trecho está intrafegável e os caminhões estão ficando parados ou tombam na estrada. A falta de estradas compromete a safra piauiense, que é o que tem segurado a economia do estado.

Parte da carga é perdida, o que é um prejuízo para os produtores. E também gera prejuízo para o caminhoneiro, que geralmente tem o caminhão danificado.

"Como é um trecho muito grande é praticamente impossível ter uma estrada de qualidade para fazer o escoamento da produção", falou o produtor MIkail Leginski.

"Infelizmente o poder público, apesar da grande arrecadação de impostos, não tem nos dado muito apoio. Precisamos investir em algum equipamento, trabalhar muito com os vizinhos e manter um bom relacionamento para manter uma estrada minimamente transitável para receber insumos e escoar a safra", disse o produtor Egon Milla, um dos responsáveis pela mobilização.

O produtor disse ainda que os fazendeiros estão bancando o custo de máquinas e trabalhadores para melhorar o tráfego da rodovia. Segundo a Aprosoja, um terço da produção de grãos da região passa pela Transcerrado e o prejuízo é incalculável também para produtores da região.

Segundo os fazendeiros, o escoamento da produção está comprometido em vários pontos. E isso aumentou o custo de transporte e também o custo de produção, por conta do frete dos insumos. Em alguns trechos nem os tratores para rebocarem os caminhões estão resolvendo o problema. Os agricultores já calculam um prejuízo de até 30%, de tudo que já foi colhido no período.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium