Quarta, 21 de fevereiro de 2018
(86) 99915-1055
[email protected]
(89) 99403-9445
Colônia do Gurguéia-PI

Colônia do Gurguéia-PI

Geney Ribeiro Geney Ribeiro é correspondente do Município de Colônia do Gurguéia-PI . Contato: (89) 99403-9445

[email protected]

(89) 99403-9445

Financeiro

Postada em 26/01/2018 ás 14h16 - atualizada em 26/01/2018 ás 14h44

Publicada por: Geney Ribeiro

Fonte: Ascom

Com menos recurso em 2017, prefeita Doquinha organiza as contas, paga direitos e honra os encargos
A diferença das receitas do município de Colônia do Gurguéia-PI de 2016 para 2017 foi de R$ 1.110.198,83 a menos
Com menos recurso em 2017, prefeita Doquinha organiza as contas, paga direitos e honra os encargos

Tabela Financeira das receitas do município

Ouve-se muito falar em crise financeira, que as receitas do município caíram, enfim, mas afinal, quanto entrou em Colônia do Gurguéia em 2016, último ano da gestão passada e quanto entrou em 2017, primeiro ano da prefeita Doquinha? Em 2016, o município recebeu R$ 11.652.469,05, conforme demonstrativo em anexo e dados encontrados no “cota daf  bb”. Em 2017, o que entrou em Colônia do Gurguéia-PI, foram R$ 10.542.270,22. Ou seja, de 2016 para 2017, houve uma queda de R$ 1.110.198,83. A prefeita Doquinha recebeu o município de Colônia do Gurguéia com 9 itens de pendência no CAUC, dentre eles o débito do Fundo Previdenciário de R$ 1.604.400,90. Débito junto a Eletrobrás de R$ 1.521.063,00. Para tirar o município do CAUC, a prefeita parcelou o débito do fundo em 200 meses. Ou seja, o município estava inadimplente, a prefeita Doquinha tirou. Ao assumir o município, Doquinha encontrou uma grande quantidade de servidores que há tempos cobravam direitos, como mudança de classe e nível, progressões, dentre outros que a gestão passada fazia “vista grossa”, ela corrigiu e concedeu todos os direitos dos servidores, gerando grande impacto financeiro na folha de pagamento. Quanto aos repasses ao Fundo Previdenciário ,– Colôniaprev, a gestão da prefeita Doquinha repassou em 2017 o valor de R$ 514.570,88 do servidor e R$ 624.600,56 da parte patronal, isso totaliza o montante de R$ 1.139.171,44.

Além das gigantescas contas herdadas e tendo que trabalhar com R$ 1.110.198,83 a menos, ainda vieram a crise financeira, aumento da inflação, enfim. Para se ter uma ideia, quando a administração fez a licitação de combustível no inicio de 2017, o preço da gasolina era R$ 3.99. Hoje o litro de gasolina custa R$ 4.52, mas as receitas do município só caíram.

Levando em consideração a diferença financeira de 2016 para 2017 que foi de R$ 1.110.198,83, levando em conspiração todos os direitos dos servidores que foram concedidos pela prefeita Doquinha, considerando ainda que ela vem fazendo todos os repasses ao Fundo Previdenciário, além disso tem o aumento do preço dos produtos, pagamento de tantas dividas herdadas, pagamento de pessoal em dia, conclui-se que a prefeita Doquinha fez o primeiro ano da sua gestão com muita maturidade e equilíbrio. “Mesmo com essa crise por que passa o país, com essa queda financeira, trabalhando com mais de 1 milhão a menos em relação a 2016, estamos cumprindo os repasses do Colôniaprev, concedemos os direitos dos servidores e equilibramos as contas do município”, disse a prefeita.    

 

 

 

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium