Sexta, 22 de junho de 2018
(86) 99915-1055
[email protected]
(89) 9 9935-9989
Gilbués-PI

Gilbués-PI

Henrique Guerra Henrique Guerra é correspondente no município de Gilbués-PI

[email protected]

(89) 9 9935-9989

Cidades - Piauí

Postada em 06/02/2018 ás 09h55 - atualizada em 06/02/2018 ás 10h07

Publicada por: Henrique Guerra

Palmares Itinerante em Gilbués Piauí
Palmares Itinerante e o compromisso com a sociedade
Palmares Itinerante em Gilbués Piauí

Palmares Itinerante em Gilbués Piauí

Dia: 06 de Março

Horário: 08h:30 as 13h

Local: Ginásio esportivo Tárcio Lino Ribeiro (Gilbués-PI)

 O projeto Palmares Itinerante, idealizado pelo presidente da Fundação Cultural Palmares, Erivaldo Oliveira, veio como uma proposta de levar a FCP aos vários lugares do Brasil, para conhecer de perto e entender as principais demandas dos quilombolas e de todos os afro-brasileiros.

Há muitas comunidades quilombolas que são mais isoladas e não sabem o que a Fundação Palmares faz, e o projeto veio como ponte para levar as propostas de políticas públicas às comunidades.

“Essa ideia surge da necessidade da aproximação do governo com a sociedade civil. É o governo indo até a ponta, porque a sociedade civil ficou muito tempo isolada dos realizadores de políticas públicas e consequentemente não existia políticas públicas por não entenderem a demanda da sociedade, então quando você vai até a sociedade, escuta e consegue identificar quais as necessidades da sociedade”. Afirma o presidente da FCP, Erivaldo Oliveira.

Entre as finalidades da Palmares Itinerante, está: Promover o intercâmbio de informações entre o poder público e a sociedade civil, disseminar conhecimento, buscar mecanismos para ampliar programas dedicados à capacitação de profissionais para o ensino da arte, história e cultura africana e afro-brasileira e assegurar programas de reconhecimento, preservação, fomento e difusão desse patrimônio.

Mais do que um evento que discute as principais questões relacionadas aos afro-brasileiros, a Palmares Itinerante gera resultados práticos por onde passa, como ações para combater o racismo e o preconceito e empoderar as comunidades negras em todo o país.

O modelo “itinerante” a partir dessa ação da Fundação Palmares, começou também ser implantado em outros órgãos como: FUNASA, IPHAN e MINc, que estão levando as ouvidorias aos vários pontos do país. E é gratificante à Fundação, ser modelo em um projeto que leva acessibilidade e mobilidade das ações do governo junto à sociedade 

 

 

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium