Quarta, 20 de junho de 2018
(86) 99915-1055
[email protected]
(89) 9 9935-9989
Gilbués-PI

Gilbués-PI

Henrique Guerra Henrique Guerra é correspondente no município de Gilbués-PI

[email protected]

(89) 9 9935-9989

Cidades - Net

Postada em 05/03/2018 ás 19h20

Publicada por: Henrique Guerra

Fonte: TCE-PI

Internet e redes sociais ajudam na descoberta de crimes e prisão de acusados
PIAUÍ
Internet e redes sociais ajudam na descoberta de crimes e prisão de acusados

A falta de planejamento e o descontrole nos gastos são alguns dos principais gargalos da gestão no Brasil e contribuem decisivamente para a corrupção, a má aplicação e os desvios de recursos públicos. A afirmação é da procuradora de Contas do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP), Élida Graziane Pinto.

Ela proferiu a palestra “Políticas Públicas de Saúde e Educação e Algumas Possibilidades de Controle da sua Efetividade no Ciclo Orçamentário”, na tarde desta quinta-feira (1º), no I Simpósio de Inteligência Institucional do Tribunal de Contas do Estado do Piauí (TCE-PI). Élida disse que a falta de planejamento leva os gestores a aplicarem desordenadamente o dinheiro de que dispõem, resultando em obras e serviços desnecessários, ineficiência e a desvios de recursos.

O major Waurlênio Alves da Rocha, do 2° BEC (Batalhão de Engenharia e Construção), proferiu a segunda palestra da programação do Simpósio da tarde desta quinta-feira. Especialista em inteligência cibernética, ele proferiu a palestra “O Uso de Dados Abertos e a Raspagem na Internet (Data Scraping) como Ferramenta de Combate à Corrupção”, com uma explanação sobre técnicas avançadas de busca de dados na internet e nas redes sociais para descobrir crimes e acusados e foragidos da Justiça.

Segundo Waurlênio, a internet e, em especial, redes sociais como Facebook e Instagram são ambientes fartos de imagens, vídeos, números e outras informações de pessoas e empresas que revelam indícios e provas de crimes, levando à prisão dos envolvidos. A programação da quinta-feira do I Simpósio de Inteligência Artificial do TCE-PI foi encerrada com palestra e debate do procurador da República Fábio George Cruz da Nóbrega, da 5ª Região.

Na palestra “Os Rastros do Dinheiro no Caminho da Corrupção”, Fábio disse que a corrupção na gestão pública ocorre por meio da realização de obras e serviços, contratação de eventos e shows populares, cursos de qualificação profissional, emendas parlamentares, organizações não-governamentais e de contratos de publicidade e consultoria. `Para ele, os órgãos de controle precisam intensificar suas ações de fiscalização e aperfeiçoar seus métodos para enfrentar a corrupção com mais eficácia.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium