Domingo, 23 de setembro de 2018
(86) 99915-1055
[email protected]
86 998026952
Geleia Total

Geleia Total

Geleia Total Na coluna da Geleia Total, você vai poder conhecer mais sobre a cultura e a arte do Piauí. Aqui no Piauí você encontra artistas das mais diversas áreas e estilos, produzindo arte autoral com muito empenho, amor e brilho no olhar. Arte que nos orgulha, transforma nossas vidas e nos embebecem de esperança por um futuro cada vez melhor. Além de uma cultura, culinária, pontos turísticos, movimentos culturais e história fascinantes. Vamos celebrar a arte e cultura do Piauí.

[email protected]

86 998026952

Cultura - Música Piauiense

Postada em 11/03/2018 ás 13h21 - atualizada em 11/03/2018 ás 14h13

Publicada por: Geleia Total

Fonte: www.geleiatotal.com.br

Lena Rios: A eterna Barradinha
Conheça a cantora que fez história na música popular brasileira
Lena Rios: A eterna Barradinha

Lena Rios

Maria do Socorro Siqueira Barradas, mais conhecida como Lena Rios, nasceu no mesmo dia do aniversário de Teresina, 16 de Agosto, motivo de orgulho pela coincidência. A cantora, jornalista e radialista já apresentou em diversas capitais do Brasil se destacando no Rio de Janeiro e São Paulo. A lista de artistas que a cantora teve contato é imensa. Ela já gravou na Philips e Polydor, produzida por Roberto Menescal, Mazzola, Rildo Hora, Jairo Pires e Carlos Lemos, gravando músicas inéditas de Torquato Neto, Wally Salomão, Raul Seixas, Luiz Melodia, Jards Macalé, Sérgio Cabral, Rildo Hora, César Costa Filho, João Nogueira, Nelson Cavaquinho, Nilson Chaves, Carlos Pinto e Carlos Galvão, entre outros. Além disso ela regravou Cartola, Ismael Silva, Adoniram Barbosa, Luiz Gonzaga entre outros. Dos festivais que participou destaca-se o VII Festival Internacional da Canção (1972) que aconteceu no Maracanãzinho, ficando entre os três primeiros classificados disputando com centenas de concorrentes cantando a canção “Eu sou eu, Nicuri é o Diabo” em parceria com o grupo “Os Lobos”.

A cantora eclética explorou vários estilos musicais, indo do sertanejo ao rock, afinal a Lena Rios sempre detestou os rótulos. Lena Rios já gravou os discos: “De tudo um pouco” (1976) e “Lena Rios” (1977) pela Gravadora CBS; “4º Encontro Nacional do Compositor de Samba” (1976), pela Gravadora Polydor LP; “Sem essa aranha” (1972) e “Os grandes sucessos do FIC 72 – VII Festival da Canção” (1972) pela Philips. Lena Rios é um dos grandes nomes da música brasileira e a voz piauiense que continua encantando o Brasil e influenciando gerações.

Para conhecer mais sobre a história e arte de Lena Rios, clique aqui.

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista ADV
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium