Sexta, 22 de junho de 2018
(86) 99915-1055
Geral - Decisão

Postada em 13/03/2018 ás 13h22 - atualizada em 14/03/2018 ás 08h19

Publicada por: Bruna Dias

Justiça condena ex-prefeito de Antônio Almeida a 5 anos de prisão
A ação penal foi ajuizada pelo Ministério Público do Estado do Piauí.
Justiça condena ex-prefeito de Antônio Almeida a 5 anos de prisão

Foto: Reprodução

O ex-prefeito do município de Antônio Almeida, Alcebíades Borges do Rêgo, foi condenado pela justiça a 5 (cinco) anos de reclusão, 5 (cinco) meses de detenção e 16 (dezesseis) dias-multa, considerando cada dia multa como 1/10 do salário mínimo vigente; além da perda de cargo ou função pública que eventualmente exerça. 

A ação penal, ajuizada pelo Ministério Público do Estado do Piauí, atribui ao réu a prática de atos ímprobos que configuram crimes previstos na Lei de Licitações (Lei nº 8.666/93). O órgão ministerial apurou que o então prefeito celebrou diversos contratos deixando de observar as formalidades pertinentes à dispensa ou inexibilidade de licitação, entre eles, a contratação de escritório de advocacia e de empresa de comunicação, para prestação de serviços de publicidade e divulgação. Além disso, o então prefeito nomeou 12 (doze) servidores, sem concurso público, contra expressa previsão em lei.

A sentença, assinada pelo juiz Breno Borges Brasil, determina que a pena deve ser cumprida inicialmente no regime semiaberto na Casa de Apoio ao Semiaberto de Teresina, com a possibilidade de recorrer em liberdade. O Promotor de Justiça Gérson Gomes, ao tomar ciência da condenação, renunciou ao prazo recursal por entender que a decisão está dentro do esperado, considerando o permitido pela lei. Mas, lamentou que as penas cominadas abstratamente no Decreto 201/67 para a conduta apurada, art. 1, XIII (nomear, admitir ou designar servidor, contra expressa disposição de lei), seja de apenas 3 meses a três anos de detenção, considerada quase como de menor potencial ofensivo e a pena para a conduta de contratar sem licitação, de detenção de 3 a 5 anos.

“A sociedade, em especial, o Poder Legislativo precisa entender que crimes praticados por gestores públicos contra a Administração atingem inúmeras pessoas de uma só vez, merecendo por isso, reprimenda muito maior”, enfatizou o Promotor.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista R10

»

Valença Por Thiago Maciel

Prefeita Ceiça Dias decreta ponto facultativo nas repartições municipais de Valença do Piauí

Simplício Mendes Por Francisvaldo da Silva Rocha

Alunos da escola municipal Alvaro Mendes, supreende professores em evento sobre o Meio ambiente.

Inhuma-PI Por Juerismar Luis

Projeto revitalização das nascentes

Colônia do Gurguéia-PI Por Geney Ribeiro

Emenda do Deputado Federal Capitão Fábio Abreu beneficia a saúde de Colônia do Gurgueia-PI

Barra D'alcântara Por Cleiton Brito

Secretário de saúde de Barra D'Alcântara participou de reunião com o secretário de saúde do estado

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium