Sábado, 22 de setembro de 2018
(86) 99915-1055
[email protected]
(86) 99954-0454
Olho D'água do Piauí

Olho D'água do Piauí

Jô Mendes Correspondente do município.

[email protected]

(86) 99954-0454

Cidades - Atleta

Postada em 19/03/2018 ás 14h50

Publicada por: Jô Mendes

Olhodaguense se prepara para disputar os jogos olímpicos
Antônia participou do campeonato norte-nordeste e ganhou medalha de prata na prova de 5 mil metros.
Olhodaguense se prepara para disputar os jogos olímpicos

Antônia Keyla Da Silva Barros, de 23 anos, atleta guia no Comitê Paralímpico Brasileiro, tem uma história de superação. Em busca do sonho de participar da maratona em Londres, ela conta que foi em Olho D’água, cidade pequena e pacata com menos de 3 mil habitantes, tem apenas 21 anos de emancipação política, localizada  a 96 km da capital  a que deu os primeiros passos no atletismo. 

“Nasci em Água Branca, mas sempre morei em Olho D'água e meus primeiros passos no mundo da corrida foi aí em Olho D'água, numa corrida do aniversário da cidade. Tempos depois fui morar em Teresina, daí então teve uma corrida na qual me inscrevi e fui sem saber que poderia ser meu passo para conhecer o atletismo. Nessa corrida do aniversário de Teresina conheci o Sebastião treinador na capital. Daí então fui treinando, trabalhando e estudando. Trabalhei em um jardim por dois anos”.

Antônia participou do campeonato norte-nordeste e ganhou medalha de prata na prova de 5 mil metros.  “Em seguida tive uma lesão, sem apoio nenhum. Fiquei na casa da minha mãe. Passado uns meses, tomei a decisão de ir pra São Paulo. Chegando lá comecei trabalhar, treinar. Fui desbravando um caminho sozinha, mas que tinha plena certeza que conseguiria atingir minha meta. Comecei a correr 3 mil com obstáculos, onde consegui ser campeã Norte-Nordeste, campeã na categoria sub-23 no torneio Paulista e, por fim, competi o troféu Brasil com grandes atletas de nível mundial”. 

Em 2016, representando a Seleção Brasileira, a atleta conseguiu se classificar para o campeonato sul-americano no Peru. “Busco índice para mundial e maratona de Londres em 2019. E assim, qualificando para Jogos em Tokyo. Atualmente estou treinando para maratona, onde minha estreia vai ser em Porto Alegre. Em Seguida, Buenos Aires. Sonho em estar em Jogos olímpicos, paralímpicos e mundiais e, assim, construir meu nome como Grande atleta Brasileira. Ainda vou ouvir o hino nacional e o hasteamento da minha bandeira no lugar mais alto do pódio”.

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista ADV
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium