Terça, 25 de setembro de 2018
(86) 99915-1055
[email protected]
(86) 999558517
Oeiras

Oeiras

Thainah Cortez Correspondente do município.

[email protected]

(86) 999558517

Cidades -

Postada em 29/03/2018 ás 22h50 - atualizada em 30/03/2018 ás 00h50

Publicada por: Thainah Cortez

Fonte: G1 Piauí

Há 27 anos, idoso fabrica lâmpadas para Procissão do Fogaréu em Oeiras
Tradição gera renda extra para moradores que fabricam lamparinas carregadas durante a Procissão do Fogaréu. Cerca de sete mil homens são esperados este ano para a procissão.
Há 27 anos, idoso fabrica lâmpadas para Procissão do Fogaréu em Oeiras

Joaquim Ribeiro, de 77 anos, produz lamparinas há 27 anos para a Procissão do Fogaréu em Oeiras. (Foto: Lucas Marreiros/ G1 PI)

Desde o ano de 1991 o senhor Joaquim Ribeiro da Silva, de 77 anos, fabrica as tradicionais lamparinas carregadas pelos fieis durante a procissão do Fogaréu na cidade de Oeiras, a 271 km de Teresina. A tradição gera a oportunidade de fazer uma renda extra para muitas famílias de oeirenses.

 

Com 27 anos de experiência, o senhor Joaquim se tornou um mestre na fabricação das lâmpadas. “Eu faço sozinho, usando lâmpadas queimadas”, contou o aposentado.

Dentro das lâmpadas, Joaquim coloca óleo diesel e um pavio, montados em um talo de pequiá. As lâmpadas são carregadas durante a procissão, e simbolizam as tochas dos soldados romanos à procura de Jesus Cristo.

 

A tradição é garantia renda extra para a família de Josineto Silva de Sousa, de 31 anos. Ele contou que há nove anos ele e a esposa produzem lamparinas para a procissão do fogaréu. “É um negócio familiar. A gente faz tudo: recolhe as latas, corta, faz as fitas... durante o dia eu trabalho, mas a noite eu faço isso, durante o ano inteiro” disse.

 

150 anos de tradição

 

 

Somente homens participam da Procissão do Fogaréu, que acontece há mais de 150 anos na cidade de Oeiras. Eles saem da Igreja de Nossa Senhora da Vitória, no início da noite, e percorrem as ruas da cidade carregando as lâmpadas. Toda a cidade fica às escuras, iluminada apenas pela luz das lamparinas.

 

Vários fieis se vestem como soldados romanos para representar os passos da tradição da crucificação de Jesus Cristo. De acordo com a tradição, as mulheres ficam em casa ou na Igreja da Matriz rezando enquanto os homens fazem o percurso. A expectativa é de que sete mil homens participem da procissão, rezando e cantando pelas ruas de Oeiras.

 

 

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista ADV
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium