Quarta, 26 de setembro de 2018
(86) 99915-1055
[email protected]
(86) 999077777
Cleverson Moreira

Cleverson Moreira

Professor / Coach Professor especialista em educação, direito e língua portuguesa. É servidor público, advogado, palestrante e coach de alta performance. Apaixonado pelo desafiador universo dos concursos, adotou os estudos como seu lifestyle e ajuda estudantes e concursandos a se prepararem com maestria para o sucesso nas aprovações.

[email protected]

(86) 999077777

Concursos - ESTUDOS

Postada em 12/04/2018 ás 09h19 - atualizada em 12/04/2018 ás 10h51

Publicada por: Professor / Coach

Aprenda a montar o seu ciclo de estudos
Você pode usá-lo com qualquer concurso e para qualquer grupo de disciplinas.
Aprenda a montar o seu ciclo de estudos

Foto: Divulgação

Estudar requer dedicar um tempo para organizar e fazer um planejamento com estratégias e técnicas para gerar um aprendizado eficiente com rotinas de qualidade.  É preciso sempre buscar  formas de organização ou de readaptação para não perder de vista os resultados.

Existem muitas técnicas de organização disponíveis e cada estudante ou concurseiro costuma conhecer e até recomendar uma das técnicas a qual melhor conseguiu adaptar a sua rotina de vida. Com o passar do tempo as rotinas podem sofrer alterações pela forças naturais do processo ou devido às imprevisibilidades, também por força dos ajustes ou do desgaste.

Dentre as formas de organização do tempo uma que costuma gerar bons resultados entre meus alunos, clientes e coachees é o estudo por ciclo que vou apresentar agora.

O estudo por ciclo tem como principal vantagem a flexibilidade do horário dos estudos o que é essencial para sobreviver aos planejamentos que passam por mudanças constantes  de forma natural ou pelos imprevistos.  A técnica pode facilmente se adaptar a rotinas variadas, diferentemente do que ocorre com o quadro de estudo por Horários Fixos. Ao invés de distribuir as disciplina por  turnos e dias da semana pré-estabelecidos  basta relacionar  as matérias  e seguir a lista em sequencia sempre que for ter uma sessão de estudos.

A organização por “ciclo de estudos” tem construção muito parecida ou associada a outras técnicas chamadas das seguintes maneiras: “intercalar matérias”; “distribuir conteúdo”, “prática distributiva”, “estudo por blocos” e até a técnica “pomodoro” (abordada em uma matéria anterior).

OS PONTOS FORTES DO ESTUDO POR CICLO:

·         Aceita a flexibilidade do tempo conforme  a disponibilidade do estudante.  

·         Permite um aprendizado gradual, sólido e completo das matérias (para estudos  a médio e longo prazo). 

·         Aumenta nível de atenção e concentração nos estudos em função da rotatividade.

·         Reduz o desgaste mental dando descanso ao cérebro o que gera mais energia para dedicar a mais tempo e mais ciclos de estudos.

·         Aumenta a produtividade privilegiando a qualidade e não a quantidade do tempo.    

 APRENDA COMO MONTAR SEU CICLO DE ESTUDOS :

1]. Faça a lista das disciplinas que deverá estudar para suas provas ou seu concurso (as já previstas em edital ou as esperadas).

2]. Com a relação das disciplinas  estabeleça o nível de dificuldade de cada disciplina para você (para as mais difíceis você deverá dedicar mais tempo), a ordem também pode ser adotada pelo nível de importância ou peso nas provas que irá fazer.

3]. Distribua as matérias numa sequência (comece pelas mais desafiadoras e alterne as disciplinas de um jeito a não deixar essa sequência cansativa);

4]. Defina quantas horas terá cada matéria (use mais tempo para as que tiver mais peso no concurso, sugestão do tempo mínimo de 25min ao máximo de 2h para cada matéria);

5]. Sempre que for estudar (independentemente do dia ou horário) observe a sequência que você definiu  (certamente em alguns dias vai dar pra fazer mais matérias e em outros não), e siga o ciclo sem pular (assim você se força em ver todas as matérias da rotatividade);

6]. Continue o ciclo mas se for preciso faça seus ajustes para otimizar  (pode reordenar as disciplinas ou alterar os tempos destinados a cada uma delas).

MAIS ALGUMAS DICAS:

·         Diversifique  bem as matérias intercaladas, pois alternar matérias de áreas diferentes não cansam tanto o cérebro, por exemplo:  matéria da áreas de humanas em seguida matéria da  área de exatas.

·         Use pausas para descanso entre os intervalos das matérias dos ciclos. Nas pausas  realize atividades  diferentes  da atividade usada no estudo, por exemplo: se você estava lendo PDF, não use a pausa para ler livros ou revistas e se estava assistindo vídeo-aula não use a pausa para ver vídeos no youtube. Recomendo realizar  atividades motoras pois são as mais revigorantes, experimente  usar seus intervalos para fazer um exercício físico, tomar um banho, preparar seu lanche ou até lavar louça etc.

·         Elaborar seus blocos de estudos considerando seu tempo de atenção (25min, 60 min etc), estudantes e concurseiro mais experientes têm tempo de atenção maior, isso também varia conforme seu perfil de aprendiz (alguns são mais inquietos e isso é normal).

·         Distribua  bem a quantidade de matérias (não estudar só uma matéria nem todas de uma vez só). Não caia no pecado de priorizar somente suas matérias preferidas, é preciso dar atenção a todas e especialmente as mais desafiadoraTs.  

 

Eu uso o estudo por ciclos, recomendo e treino pessoas para utilizarem. Para mim é e foi muito útil para conquistar minhas aprovações nos concursos que fiz, sem que minha rotina de diversas atividades inviabilizasse os estudos. Outros dois professores dentre muitos que são autoridades quando o assunto é concurso público, Alexandre Meirelles e Fernando Mesquita, também recomendam e aprovam essa técnica.

O professor e coach Alexandre Meirelles, autor do livro Como Estudar para Concursos, diz: “O ciclo é composto por disciplinas que deverão ser estudadas na ordem em que aparecerem nele, independentemente do dia e da hora em que está estudando, dando continuidade de onde parou no estudo anterior. Sendo assim, caso tenha estudado até a disciplina “C” hoje, amanhã você deve reiniciar seus estudos a partir de onde parou no ciclo, ou seja, continua pela disciplina “D”, ou até mesmo o restante da “C”, se não deu tempo para terminá-la na vez anterior.” 

Fernando Mesquita que também é coach e autor do livro Sucessos nos Concursos de A a Z, diz que “o ciclo de estudos é uma ferramenta maleável. Com ele, em vez de ter o quadro horário (e ficar sofrendo porque não conseguiu estudar das 14 às 15h no domingo), você estabelece para si a obrigação de ver todas as matérias em sequência, obedecendo o cronograma previsto.”

Nos processos de coaching e de mentoria onde ajudo estudantes  e concurseiros a se prepararem para os mais desafiadores concursos, recomendo essa técnica a maioria deles; mas fui percebendo que o estudo por ciclo tem excelente resultados para as pessoas que conseguem se auto-gerenciar (quando elas tem um foco definido e priorizam os estudos mantendo a disciplina mesmo diante de imprevistos ou outras obrigações como família, trabalho etc). 

Os estudantes e concurseiros com pouca ou nenhuma disciplina precisam iniciar o ciclo com calma, encarando como experiência ou treino para ir se adaptando com o tempo. Aqueles que dispersam rápido e facilmente em redes sociais (whatsapp ou facebook) que são procrastinadores ou não priorizam os estudos não vão ter os mesmos rendimentos utilizando os ciclos. Mas em geral é recomendável e vale muito a pena experimentar.

Você usa ou já usou o ciclo de estudos? Deixe seus comentários.

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista ADV
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium