Terça, 22 de maio de 2018
(86) 99915-1055
Geral - Nota

Postada em 18/10/2017 ás 10h06 - atualizada em 18/10/2017 ás 10h12

Publicada por: Bruna Dias

Governo do Piauí divulga nota esclarecendo decreto que anula empenhos
"A publicação dos prazos de encerramento do exercício financeiro do Poder Executivo é prática contábil adotada há muitos anos por todos os Estados", diz a nota.
Governo do Piauí divulga nota esclarecendo decreto que anula empenhos

Foto: Facebook

O governo Piauí divulgou nota nessa terça-feira (17), esclarecendo o decreto que anula todos os empenhos não liquidados. O documento foi assinado no dia 06 de outubro e publicado no Diário Oficial do Estado. 

Veja a nota na íntegra

Nota Técnica sobre Decreto 17.404

1.    O Governo do Estado do Piauí publicou o Decreto nº 17.404 de 06/10/2017 no DOE nº 189, que dispõe sobre prazos a serem adotados no processo de encerramento do exercício 2017, com vistas a atender o que dispõe a legislação que trata sobre normas de Finanças Públicas, dentre elas a Lei de Responsabilidade Fiscal e Lei 4.320/64.

2.    A publicação dos prazos de encerramento do exercício financeiro do Poder Executivo é prática contábil adotada há muitos anos por todos os Estados, inclusive pelo Estado do Piauí. Neste ano, o Estado adotou a boa prática nacional, modificando o formato do documento para decreto, que antes ocorria por meio de portaria, com vistas a dar mais transparência e fortalecer o compromisso do Governo com o disposto na legislação supracitada.

3.    O decreto prevê o cancelamento do saldo de empenhos não liquidados na fonte 00 – Recursos do Tesouro, que são as despesas em que o fornecedor ainda não entregou a mercadoria ou ainda não prestou o serviço. Nesse sentido, para fins de priorizar despesas essenciais ao funcionamento da máquina pública, os mesmos serão cancelados e no prazo máximo de 10 (dez) dias poderão ser reempenhados, conforme previsto no Anexo II do decreto.

4.    Uma das finalidades do decreto é orientar aos gestores dos órgãos estaduais a avaliar a oportunidade e necessidade dos processos de despesa, com vistas a otimizar a qualidade do gasto público, evitando desperdícios e contribuindo para que os recursos da Conta Única do Estado sejam direcionados para as despesas essenciais.

5.    A prática adotada pelo Governo do Estado é necessária ao cumprimento de metas estabelecidas na lei de Diretrizes Orçamentárias, através do Anexo de Metas Fiscais, conforme estabelece o art. 9º da Lei de Responsabilidade Fiscal.

6.    Por fim, é notório o zelo com que a equipe técnica da Secretaria da Fazenda vem tratando as Finanças Públicas Estaduais, haja vista que o cumprimento de metas e limites Fiscais estão sendo monitorados constantemente para que o Estado do Piauí mantenha o equilíbrio das contas públicas.

Ricjardeson Rocha Dias

Contador Geral do Estado

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista R10

»

Barra D'alcântara Por Cleiton Brito

Ovelha da luz a 04 filhotes de uma só vez no Piaui

Altos-PI Por Jair Fran

Zona rural de Altos recebe mais de 600 atendimentos do Programa Saúde e Cidadania

Esperantina-PI Por Francisco Menezes

Prefeita Vilma Amorim participa da XXI Marcha dos Prefeitos em Brasilia

Nossa Senhora dos Remédios Por Paes Landim

Prefeito Manoel Lázaro participa da XXI Marcha dos Prefeitos

Santa Filomena-PI Por Tony Santos

Janaína Dias fala sobre os sabores e dissabores sofridos pelo futsal feminino

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium