Sábado, 26 de maio de 2018
(86) 99915-1055
Brasil - Tragédia

Postada em 20/10/2017 ás 15h48 - atualizada em 20/10/2017 ás 16h03

Publicada por: Bruna Dias

Fonte: G1

Estudante mata dois colegas a tiros e deixa quatro feridos
Segundo testemunhas, o adolescente, que cursa o 8º ano é filho de policiais militares.
Estudante mata dois colegas a tiros e deixa quatro feridos

Um estudante de 14 anos atirou em colegas no fim da manhã desta sexta-feira (20) dentro do Colégio Goyases, escola particular de ensino infantil e fundamental, em Goiânia. De acordo com o Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, dois estudantes morreram e outros quatro ficaram feridos na unidade, localizada no Conjunto Riviera, bairro de classe média.

O crime ocorreu às 11h50. Segundo testemunhas, o adolescente, que cursa o 8º ano e é filho de policiais militares, estava dentro da sala de aula e, no intervalo, tirou da mochila a arma, uma pistola .40, e efetuou os disparos. Em seguida, quando ele se preparava para recarregar o revólver, foi contido por alunos e professores.

Os estudantes João Vitor Gomes e João Pedro Calembo, cujas idades ainda não foram divulgadas, morreram no local. Já outros quatro alunos, sendo três meninas e um menino, ficaram feridos e foram socorridos.

O suspeito dos disparos está apreendido, segundo confirmou ao G1 o coronel da Polícia Militar Anésio Barbosa da Cruz. “Informações preliminares dão conta que ele estaria sofrendo bullying, se revoltou contra isso, pegou a arma em casa e efetuou os disparos”, disse.

Um aluno de 15 anos, que estava na sala no momento do tiroteio, também contou que o adolescente era vítima de chacotas"Ele sofria bullying, o pessoal chamava ele de fedorento, pois não usa desodorante. No intervalo da aula, ele sacou a arma da mochila e começou a atirar. Ele não escolheu alvo. Aí todo mundo saiu correndo", relatou o estudante.

O Instituto Médico Legal (IML) informou que, até as 14h, os corpos dos dois estudantes não tinham sido levados para a unidade. Já o suspeito pelos tiros foi levado à sede da Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) e, em seguida, encaminhado para o IML para os exames de corpo de delito. Posteriormente, deve retornar à delegacia.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista R10

»

Santa Filomena-PI Por Tony Santos

Morre o violonista folclórico Raimundo Miranda de Sousa

Corrente-PI Por Aline Moura

Escola Municipal João Benício realiza o projeto “Família na Escola”

Colônia do Gurguéia-PI Por Geney Ribeiro

Senador Elmano Ferrer e diretor do DNIT José Ribamar visitam obra de alargamento da BR 135

Amarante-PI Por Diogo Costa

Encontro dos Gigantes na pizzaria Velho Monge, foi um sucesso; veja!

São Gonçalo do Gurguéia Por Lucas Sena

Igreja Católica fica completamente cheia na noite do vaqueiro

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
TV R10 Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium