Sábado, 20 de outubro de 2018
(86) 99915-1055
Saúde - Campanha

Postada em 14/06/2018 ás 08h24 - atualizada em 14/06/2018 ás 08h43

Publicada por:

Vacinação contra a gripe é prorrogada até 22 de junho
O governo federal decidiu estender a imunização por conta do baixo índice de procura.
Vacinação contra a gripe é prorrogada até 22 de junho

Foto: reprodução/google

O Ministério da Saúde anunciou na tarde desta quarta-feira (13)  que a campanha de vacinação contra a gripe será prorrogada até o dia 22 de julho. O governo federal decidiu estender a imunização por conta do baixo índice de procura, onde apenas 77% das pessoas foram vacinadas.

O número é considerado baixo, por conta que a meta previa cobertura de 90% dessa população, o que equivale a 54 milhões de pessoas. Segundo informações da Agência Brasil, os estados com cobertura vacinal mais baixas foram registrados nos estados do Roraima, Rio de Janeiro, Rondônia e Rio Grande do Sul. Neles, os percentuais chegam a 53,59%, 57,29%, 70,91% e 77,82%, respectivamente. 

O Ministério da Saúde esta em alerta por conta da proximidade do inverno, período de maior circulação do vírus da gripe. Além disso, neste ano, já foram contabilizados 2.715 casos de influenza, mais do que o dobro do que foi registrado no mesmo período do ano passado (1.227). 

Estoques de vacinas

A meta de vacinação do Brasil supera a de 80% fixada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), mas o Ministério da Saúde garantiu vacinas para todas as pessoas que integram o público prioritário da campanha. De acordo com Mauro Junqueira, presidente do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), todos os municípios têm as doses disponíveis, inclusive em lugares de difícil acesso, como na Região Norte.

A partir do dia 25 de junho, poderão ser vacinados outros grupos etários, como crianças de 5 a 9 anos e adultos de 50 a 59. A vacinação desse público dependerá da disponibilidade das doses nos municípios.

Além da vacinação, cuidados com a higiene podem ajudar a população a se prevenir. Lavar e higienizar as mãos com frequência, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir nariz e boca ao espirrar ou tossir, evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca, não compartilhar objetos de uso pessoal, como talheres e pratos, e manter os ambientes bem ventilados são algumas das medidas sugeridas pelo ministério.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Campo Largo-PI Por Roberto Freitas

Portuenses ganham mais uma opção de viagem a Teresina com a Viação Sete

Gilbués-PI Por Henrique Guerra

Alargamento da BR 135 aguardado há anos ‘derrete’ com a primeira chuva

Pau D'arco Por Ântonia da Costa

Prefeito Nilton Bacelar está em Brasília em busca de recursos

Alto Longá Por R. Bezerra

Escolinha de Futebol, Secretaria de Esportes Comemoram o Dia das Crianças.

Luzilândia Por JotaB Damasceno

Luzilândia: KI-bixiga realiza projeto social Criança Feliz no Palmares

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium