Segunda, 15 de outubro de 2018
(86) 99915-1055
Entretenimento - Presa

Postada em 18/06/2018 ás 10h39 - atualizada em 18/06/2018 ás 11h11

Publicada por: Redação

Fonte: Gazetaweb/Globo

Exame confirma que Suzane Richthofen é 'risco potencial à sociedade'
Ela foi condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais.
Exame confirma que Suzane Richthofen é 'risco potencial à sociedade'

Foto: Divulgação

Narcisista, egocêntrica, infantil, vazia, simplista, imatura e incapaz de autocrítica. Este é o perfil do mais recente teste psicológico ao qual foi submetida Suzane von Richthofen. Condenada a 39 anos de prisão pela morte dos pais, a paulistana passou pelo teste de Rorschach - conhecido como teste do borrão de tinta - mais um passo para que a Justiça conceda, ou não, o pedido de progressão ao regime aberto.

O resultado revela, segundo o Fantástico, que a detenta, hoje com 34 anos, representa "risco potencial à sociedade" por ter "dificuldade de avaliar o resultado dos próprios atos". O exame foi pedido pelo Ministério Público de São Paulo (MP/SP) para auxiliar a decisão da juíza Vânia Regina da Cunha. 

Este não é o primeiro teste de Rorschach ao qual Suzane é submetida. Em 2014, antes de ser beneficiada com a mudança do regime fechado para o semiaberto, os borrões apontavam egocentrismo elevado, a chance de ser violenta ou estimular a violência, dependendo do ambiente social em que estivesse inserida.

Juíza responsável pela decisão da progressão da pena ao semiaberto, há quatro anos, Sueli Armani alegou que problemas psicológicos não são condição para manter alguém preso. Com a mudança, para o regime semibaerto, Suzane passou a ter direito a cinco saídas temporárias por ano. A mais recente delas foi no dias das mães deste ano.

A detenta, acusada de ser mandante do assassinato dos próprios pais, está em Tremembé, em São Paulo e, como cumpriu metade da pena, considerando os dias trabalhados na oficina de costura da penitenciária, solicitou a progressão, há um ano. Não há prazo para que a juíza Vânia Regina da Cunha decida de Suzane cumprirá a metade restante da sentença em liberdade. O que daria a ela direito de trabalhar, ficar em casa à noite e nos dias de folga. 

Acusado de participação no crime, junto com o irmão Daniel Cravinhos, Christian Cravinhos foi submetido ao mesmo teste e teve progressão para o regime aberto em agosto passado. Christian voltou a ser preso em agosto passado por porte de armas e por tentar subornar a polícia e evitar a prisão. 

 

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Gilbués-PI Por Henrique Guerra

Grupo de ciclismo Cerrado Racing-MTB realiza tour na zona rural de Gilbués

Floriano Por Ilizianny de Carvalho

Floriano sedia segunda edição da campanha "Neuro em Ação"

Guadalupe-PI Por Euclides Alves

Secretária de Educação de Guadalupe homenageia Professores pelo seu Dia

Corrente-PI Por Aline Moura

Prefeitura de Corrente comemora o dia das crianças com grande festa

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

Prefeitura e secretaria de saúde realizam atividades do outubro rosa

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium