Quinta, 18 de outubro de 2018
(86) 99915-1055
Política - Pré-candidato

Postada em 23/06/2018 ás 12h01 - atualizada em 23/06/2018 ás 13h01

Publicada por:

Pesquisa: Bolsonaro é desaprovado por 64% dos brasileiros
OO ex-presidente Lula é aprovado por 45% a taxa mais alta entre todos os 19 nomes apresentados pelo Ipsos aos entrevistados.
Pesquisa: Bolsonaro é desaprovado por 64% dos brasileiros

Foto: reprodução

Depois de três meses de estabilidade, a desaprovação ao pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) subiu de 60% para 64%, enquanto a aprovação caiu de 23% para 20%. Esta é a principal novidade da pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos, que todos os meses analisa a opinião dos brasileiros sobre personalidades do mundo político e jurídico. Praticamente não houve mudanças nas taxas dos demais possíveis concorrentes ao Planalto.

"Bolsonaro vem mantendo esse patamar de aprovação há um ano", disse Danilo Cersosimo, diretor do Ipsos. "É possível que seja um dado que confirme seu teto. O início da campanha eleitoral, após a Copa, vai testar a solidez dessa aprovação."

Todos os presidenciáveis seguem com taxas altas de reprovação. O que aparece em pior situação é Geraldo Alckmin, do PSDB: 70% desaprovam seu desempenho, contra 18% de aprovação.

Apesar de o Ipsos incluir o nome de possíveis concorrentes ao Planalto em sua pesquisa, o instituto não procura medir intenção de voto. O que os pesquisadores dizem aos entrevistados é o seguinte: "Agora vou ler o nome de alguns políticos e gostaria de saber se o (a) senhor (a) aprova ou desaprova a maneira como eles vêm atuando no País."

Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede) têm taxas de desaprovação de 65% e 63%, respectivamente, e estão empatados com Bolsonaro nesse quesito. Marina, porém, têm aprovação de 29%, cerca de dez pontos porcentuais acima desses dois adversários.

O Folha de São Paulo , destaca ainda, Citado como possível substituto do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva como candidato do PT, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad tem desaprovação de 57% e é aprovado por apenas 7%.

No caso de Lula, preso desde o dia 7 de abril, a desaprovação oscilou para cima (de 52% para 54%), após dois meses de tendência de queda. O ex-presidente é aprovado por 45% a taxa mais alta entre todos os 19 nomes apresentados pelo Ipsos aos entrevistados.

O juiz Sérgio Moro, responsável pela condenação de Lula em primeira instância, enfrenta desgaste de imagem nos últimos meses. Desde março, sua taxa de desaprovação subiu oito pontos porcentuais, de 47% para 55%, enquanto a aprovação passou de 44% para 37%.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Joaquim Pires-PI Por João Victor

CMDCA de Joaquim Pires realiza VII Conferência Municipal

Beneditinos Por Cascatinha Pessoa

Escola da zona rural realiza linda festa para as crianças

Guadalupe-PI Por Euclides Alves

Júlio César comemora derrubada de veto ao Piso Nacional dos Agentes

Cabeceiras do Piauí Por Francisco Rocha

Bandidos armados assaltam comércio na zona rural de Cabeceiras

Olho D'água do Piauí Por Jô Mendes

Serviço de fisioterapia passa a ser oferecido na UBS de Olho D'água

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium