Segunda, 26 de Julho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

24°

19° 35°

Teresina - PI

Últimas notícias
Esportes Copa do Mundo
26/06/2018 15h57 Atualizada há 3 anos
Por: Redação

Sob vaias, França e Dinamarca fazem primeiro 0 a 0 da Copa

Classificada para as oitavas de final antes mesmo de o jogo começar e precisando só do empate para liderar o Grupo C a França poupou seis titulares para enfrentar a Dinamarca. Até no gol teve substituição, com Mandanda entrando no lugar de Lloris. A igualdade também servia para os dinamarqueses se garantirem no matamata, em segundo lugar. E foi o que aconteceu. O primeiro 0 a 0 da Copa no 37º jogo do Mundial. A partida ficou marcada pela monotonia e muitas vaias das arquibancadas.

Ao fim dos 90 minutos, as torcidas das duas equipes e até os neutros vaiaram de forma mais intensa. Foi o sinal da insatisfação de 78.011 espectadores que lotaram o Estádio Lujniki, em Moscou. Com a primeira posição, a França agora poderá ter em seu caminho nas oitavas a Argentina, que só pode se classificar na segunda colocação do Grupo D. Para isso, precisa vencer a Nigéria às 15h (de Brasília) e torcer para que a Islândia não vença a Croácia, na combinação mais simples. Já os dinamarqueses aguardam quem será primeiro do D, Croácia ou Nigéria. Os croatas têm seis pontos, contra três dos nigerianos e possuem cinco de saldo diante de zero dos africanos.

Foto: Divulgação/Mídia
Foto: Divulgação/Mídia

A França jogará no sábado (30) em Kazan, enquanto a Dinamarca atua em Nijni Novgorod, no domingo (1º). O primeiro tempo teve apenas cinco chutes na direção do gol, o que reflete a monotonia da partida, muito disputada na zona do meio de campo e a dificuldade das equipes para criar lances de perigo. Destes, quatro foram da França e apenas um da Dinamarca, que se mostrou bem satisfeita com o empate.

Continua depois da publicidade

Em um lance aos 40 minutos, a Dinamarca chegou na área adversária e foi tocando até recuar ao seu campo. Foi o estopim para uma vaia surgir das arquibancadas.

Ao fim do primeiro tempo, mais insatisfação dos torcedores e uma vaia geral. Nada mudou no segundo tempo, e a partida se tornou ainda mais monótona quando o Peru fez 2 a 0 sobre a Austrália em Sochi, antes dos 10 minutos da etapa final. Ali o futuro de todas as equipes da chave já estava definido. O único lance que arrancou algum grito de emoção foi um chute de Nabil Fekir na rede pelo lado de fora, aos 25 minutos. Os dinamarqueses só queriam tocar a bola de lado. No mais, vaias e a certeza do jogo mais decepcionante da Copa.

Peru vence Austrália por 2x0

A já eliminada seleção peruana conquistou sua primeira vitória em uma Copa do Mundo em 40 anos, e marcou seu primeiro gol em 36, ao conquistar uma vitória de 2 x 0 sobre a Austrália, nesta terça-feira, um resultado que condenou os australianos ao último lugar do Grupo C.

Os australianos precisavam vencer para ter qualquer chance de avançar, mas perdeu todas as chances que surgiram. Andre Carrillo colocou o Peru em vantagem aos 18 minutos com um chute de primeira, e Paolo Guerrero ampliou a vantagem aos cinco minutos da etapa complementar com um chute de perto.

 

 

 

Fonte: Folha de S.Paulo
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp