Terça, 22 de setembro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo Setembro
Geral - Situação precária

Postada em 05/07/2018 ás 12h56 - atualizada em 05/07/2018 ás 12h58

Publicada por: Bruna Sampaio

Ministério Público ajuíza ação contra governo do PI por melhorias em hospital
Segundo o MP, o Hospital Estadual Colônia do Carpina, em Parnaíba, enfrenta diversos problemas.
Ministério Público ajuíza ação contra governo do PI por melhorias em hospital

Foto: MPPI

O Ministério Público do Piauí (MPPI), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Parnaíba, ingressou com ação civil pública contra o Governo do Estado e os Secretários de Estado da Saúde (Sesapi) e da Fazenda (Sefaz) em decorrência da situação deficitária do Hospital Estadual Colônia do Carpina.

Segundo o MP, a unidade de saúde enfrenta diversos problemas, como infraestrutura precária, falta de medicamentos e alimentos para os usuários do hospital, falta de pagamento aos servidores contratados e aos fornecedores. 

Durante a investigação, o coordenador do hospital, José Osvaldo Gomes dos Santos, e o agente administrativo Marcelo Fontenele de Araújo Silva confirmaram que a unidade de saúde passa por várias adversidades. José Osvaldo relatou ainda que desde 2015, quando assumiu a gestão do hospital Colônia do Carpina, enfrenta atrasos nos repasses orçamentários do Estado e do SUS para manutenção do funcionamento da unidade.

Foi feito um estudo com base nos balanços de 2016, 2017 e 2018, o qual confirmou que a receita prevista pelo Estado foi arrecadada; assim sendo, as despesas deveriam ser cumpridas. 

O promotor de Justiça Ruszel Lima Verde Cavalcante explica que a intenção da ação é garantir a regularização dos repasses para o hospital. "O objetivo desta ação não poderia ser outro que a garantia de que todos os repasses previstos para o hospital neste exercício de 2018 e nos exercícios vindouros sejam concretizados, bem como a reforma da instituição", afirma. 

Entre os pedidos apresentados pelo Ministério Público Piauí está o deferimento de medida liminar determinando a normalização dos pagamentos ao hospital, sob pena de multa diária no valor de R$ 2 mil reais. Outro requerimento do MP é a realização de dois levantamentos, ambos a serem feitos pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI), o primeiro para verificar todo o passivo não repassado pelo Estado, desde 2015, ao Hospital Colônia do Carpina. E o segundo tem a finalidade de verificar todos os valores gastos pelo Estado, entre 2015 e 2018, com recursos públicos para realização de festas e eventos.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Landri Sales-PI Por Domingos Veloso

Campanha de combate à poluição atmosférica é iniciada em Landri Sales

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

FMC apresenta plano de ação à Lei Aldir Blanc para grupos culturais de Timon

Picos Por Jucelma Sales

Mulher é esfaqueada pelo próprio companheiro em Picos

Corrente-PI Por Simone Borges

Corrente é destaque no Índice de Governança Municipal

Beneditinos Por Cascatinha Pessoa

Veja o eleitorado atualizado na 47ª zona eleitoral em Beneditinos

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium