Sexta, 22 de março de 2019
(86) 99915-1055
Geral - Situação precária

Postada em 05/07/2018 ás 12h56 - atualizada em 05/07/2018 ás 12h58

Publicada por: Bruna Dias

Ministério Público ajuíza ação contra governo do PI por melhorias em hospital
Segundo o MP, o Hospital Estadual Colônia do Carpina, em Parnaíba, enfrenta diversos problemas.
Ministério Público ajuíza ação contra governo do PI por melhorias em hospital

Foto: MPPI

O Ministério Público do Piauí (MPPI), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Parnaíba, ingressou com ação civil pública contra o Governo do Estado e os Secretários de Estado da Saúde (Sesapi) e da Fazenda (Sefaz) em decorrência da situação deficitária do Hospital Estadual Colônia do Carpina.

Segundo o MP, a unidade de saúde enfrenta diversos problemas, como infraestrutura precária, falta de medicamentos e alimentos para os usuários do hospital, falta de pagamento aos servidores contratados e aos fornecedores. 

Durante a investigação, o coordenador do hospital, José Osvaldo Gomes dos Santos, e o agente administrativo Marcelo Fontenele de Araújo Silva confirmaram que a unidade de saúde passa por várias adversidades. José Osvaldo relatou ainda que desde 2015, quando assumiu a gestão do hospital Colônia do Carpina, enfrenta atrasos nos repasses orçamentários do Estado e do SUS para manutenção do funcionamento da unidade.

Foi feito um estudo com base nos balanços de 2016, 2017 e 2018, o qual confirmou que a receita prevista pelo Estado foi arrecadada; assim sendo, as despesas deveriam ser cumpridas. 

O promotor de Justiça Ruszel Lima Verde Cavalcante explica que a intenção da ação é garantir a regularização dos repasses para o hospital. "O objetivo desta ação não poderia ser outro que a garantia de que todos os repasses previstos para o hospital neste exercício de 2018 e nos exercícios vindouros sejam concretizados, bem como a reforma da instituição", afirma. 

Entre os pedidos apresentados pelo Ministério Público Piauí está o deferimento de medida liminar determinando a normalização dos pagamentos ao hospital, sob pena de multa diária no valor de R$ 2 mil reais. Outro requerimento do MP é a realização de dois levantamentos, ambos a serem feitos pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PI), o primeiro para verificar todo o passivo não repassado pelo Estado, desde 2015, ao Hospital Colônia do Carpina. E o segundo tem a finalidade de verificar todos os valores gastos pelo Estado, entre 2015 e 2018, com recursos públicos para realização de festas e eventos.

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Denarc/Timon prende em flagrante indivíduo acusado da tráfico de 'Crack'

Campo Maior Por Wellington Siqueira

Blitz em Campo Maior são intensificadas para coibir a ação de criminosos

Picos Por Jucelma Sales

Alunos participam de caminhada em comemoração ao Dia Mundial da Água

Pau D'arco Por Carlos Eugênio

Alunos de Pau D'arco participam de atividades pelo Dia Mundial da Água

Buriti dos Lopes Por Rurik Araújo

Animal solto causa mais um acidente na zona rural de Buriti dos Lopes

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium