Segunda, 15 de Julho de 2024
Portal R10
Segunda, 15 de Julho de 2024
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99911-2276

Marcelo Barradas

Expansão

(86) 99446-2372

Últimas notícias
R10 Bandas Musicais
R10 Bandas Musicais
Tudo sobre Bandas Musicais
Entretenimento Entretenimento
28/04/2023 16h43
Por: Bruna Dias

10 clássicos do rock inspirados em clássicos da literatura

Quando surgiu, em meados dos anos 50, o rock era um ritmo de dança, e suas letras, quase que exclusivamente, se limitavam a falar de meninas, romances e festas — as únicas coisas que interessavam à garotada da época. Considera-se que a geração baby boomer foi a primeira geração a viver a adolescência, algo que aqueles que vieram antes não tiveram.

A partir da década seguinte, por outro lado, a coisa mudou graças a nomes como Beatles e Bob Dylan. Dessa forma, qualquer coisa poderia servir de inspiração e ser incorporada às músicas pelas letras, e desde então os livros tem sido uma das inspirações mais recorrentes.

iStock
iStock

Confira abaixo 10 clássicos do rock que foram inspirados em algumas das maiores obras literárias já produzidas:

1984 - David Bowie

Inspirada por 1984 (de George Orwell), captura a atmosfera opressiva do romance distópico, onde a vigilância absoluta do "Grande Irmão" e a manipulação da linguagem (e dos fatos) são usadas de maneira extrema para controlar a população. A letra reflete temas como a perda de liberdade e a alienação do indivíduo.

The Call of Ktulu - Metallica

Inspirada por The Call of Cthulhu (H.P. Lovecraft), mesmo sendo instrumental, evoca o horror cósmico do maior dos monstros lovecraftianos — a criatura abissal Cthulhu. A música cria uma atmosfera sombria e misteriosa, remetendo ao medo do desconhecido, a loucura, e o insondável poder da terrível criatura.

White Rabbit - Jefferson Airplane

Inspirada por Alice no País das Maravilhas (Lewis Carroll), aborda temas como a perda da inocência e a busca pela exploração do desconhecido. O coelho branco é o personagem que logo no começo da história leva Alice do mundo normal para um mundo mágico e surreal onde tudo (e mais um pouco) é possível.

Tales of Brave Ulysses - Cream

Inspirada por A Odisseia (Homero), narrativa épica sobre as aventuras do herói grego Ulisses. A letra da canção menciona eventos e personagens da obra, como ter os ouvidos torturados pelo doce canto das sereias, refletindo as provações enfrentadas por Ulisses em sua jornada de volta para casa.

Ramble On - Led Zeppelin

Inspirada por O Senhor dos Anéis (J.R.R. Tolkien), faz várias referências a passagens do livro, com letras que evocam a eventos e personagens como Galadriel, Gollum e as terras de Mordor. Essa homenagem à rica e vasta mitologia criada por seu genial autor é embalada por uma espécie de folk rock — com um pé na música celta e o outro no blues.

Tom Sawyer - Rush

Inspirada por As Aventuras de Tom Sawyer (Mark Twain), celebra a essência do personagem de Twain, um jovem aventureiro e esperto que desafia as convenções sociais. A letra destaca a rebeldia e o espírito livre de Tom, enquanto a melodia enérgica dá contornos distópicos e épicos à natureza lúdica das aventuras do personagem.

Pet Sematary - Ramones

Inspirada por O Cemitério Maldito (Stephen King), integra a trilha sonora de sua adaptação cinematográfica. Sua melancólica melodia acompanha uma letra que faz alusão ao maldito cemitério da história, mencionando também criaturas e cenários típicos de filmes do gênero.

Brave New World - Iron Maiden

Inspirada por Admirável Mundo Novo (Aldous Huxley), reflete um futuro distópico e desumanizado futuro em que a tecnologia e a manipulação genética criam uma sociedade superficialmente perfeita, mas emocionalmente vazia. A letra aborda temas como a perda da individualidade e a luta contra a opressão.

For Whom the Bell Tolls - Metallica

Inspirada por Por Quem os Sinos Dobram (Ernest Hemingway), aborda a Guerra Civil Espanhola, retratando o desespero, o sacrifício e a brutalidade do conflito. A letra e a melodia capturam a luta e a resistência dos personagens, envolvidos em uma guerra onde encaram a matança sem sentido.

Dogs - Pink Floyd

Inspirada por A Revolução dos Bichos (George Orwell), é uma metafórica crítica social onde animais se rebelam contra a opressão e exploração humana, expulsando os donos da fazenda e assumindo eles próprios o seu controle. A música fala da perspectiva de um dos cães — a polícia dos gananciosos e corruptos porcos, aos quais seguem cegamente (até não o dia que não tiverem mais utilidade para eles).

Fonte: https://whiplash.net/
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp