Sexta, 14 de dezembro de 2018
(86) 99915-1055
Desk Propaganda
Entretenimento - Cantora

Postada em 24/07/2018 ás 08h50 - atualizada em 24/07/2018 ás 09h43

Publicada por: Bruna Dias

Elba Ramalho cai em golpe e doa R$ 18 mil para cirurgia falsa de criança
Cantora fez show beneficente após mãe de Taylla Silva, de 9 anos, entrar em contato pela internet.
Elba Ramalho cai em golpe e doa R$ 18 mil para cirurgia falsa de criança

Foto: Reprodução/Instagram

O produtor artístico Rodrigo de Farias Aguiar afirmou que a equipe da cantora Elba Ramalho foi vítima de um golpe aplicado pela mãe da menina Taylla Cristina Silva, de 9 anos, que supostamente pedia doações para cirurgias da filha que nunca ocorreram.

Aguiar acusa a dona de casa Taisa Almeida Borges de se aproveitar das doenças da garota – segundo ela, a menina sofre de cardiopatia complexa e escoliose grave – para realizar campanhas na internet e pedir a ajuda de artistas, como Elba.

A Polícia Civil investiga a suspeita de fraude em campanhas de arrecadação de dinheiro em nome de Taylla. O caso veio à tona depois que o Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (SP) divulgou nota afirmando que a garota é atendida pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Fomos vítimas de um golpe, e um golpe que envolve uma criança que realmente passa por problemas de saúde. A mãe se aproveitou disso para se autobeneficiar. Lamentamos a situação porque nos dedicamos a ajudá-la. A Elba parou a agenda dela para fazer um show e mobilizar as pessoas e os amigos”, afirma.

Inicialmente, a mãe de Taylla negou ter feito campanhas em prol da filha e disse que recebeu doações apenas de um programa de televisão e de pessoas anônimas. Agora, reconhece o apoio de artistas, como a cantora Elba Ramalho, mas afirma que o dinheiro doado está guardado.

O produtor destaca que, em nenhum momento, Taisa explicou que usaria as doações para pagar alimentação ou medicamentos de Taylla, mas afirmava que seriam destinadas ao pagamento da cirurgia de correção de coluna da filha, avaliada em R$ 180 mil.

A mãe da garota, Taisa Almeida Borges nega ter usado de forma indevida o dinheiro que recebeu a partir de doações para a filha. A dona de casa diz que parte da quantia está guardada para ser usada na cirurgia de correção da coluna no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba (PR).

Taisa registrou um boletim de ocorrência por estelionato em Franca (SP), onde a família mora, alegando que outras pessoas estão usando o nome de Taylla em "vaquinhas virtuais". O caso está sendo investigado pelo 5º Distrito Policial da cidade.

A assessoria do Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba, informou que Taylla não é paciente de nenhum médico da instituição - tanto pelo SUS, como convênio e particular - e também não passou por consulta no local.

Ainda segundo a assessoria, os custos com uma cirurgia ortopédica desta complexidade superam os R$ 180 mil citados pela mãe de Taylla, uma vez que há compra de materiais cirúrgicos e a necessidade de internação em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), por exemplo.

   
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Amarante-PI Por Diogo Costa

Câmara de vereadores de Amarante decide chapa para o biênio 2019\2020

Olho D'água do Piauí Por Jô Mendes

Olho D'água comemora aniversário com grande festa

Itaueira Por Hartmany Sena

Vagabundos estão roubando botijões de gás

São Gonçalo do Gurgueia Por Lucas Sena

Torneio abriu as comemorações ao aniversário de São Gonçalo do Gurguéia

Valença Por Raul Soares

Comissão aprova Orçamento de 2019 com salário mínimo de R$ 1.006

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium