Terça, 20 de novembro de 2018
(86) 99915-1055
Desk Propaganda
Brasil - Benefício

Postada em 08/08/2018 ás 08h20 - atualizada em 08/08/2018 ás 08h50

Publicada por: Gustavo Miranda

SUS atenderá moradores de rua sem exigir comprovante de residência
O objetivo é favorecer a população de rua,que muitas vezes tem dificuldades para obter medicamentos.
SUS atenderá moradores de rua sem exigir comprovante de residência

Foto: Cristiano Machado

O Plenário do Senado aprovou nessa terça-feira (07), o projeto de lei para assegurar o atendimento, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), a famílias e indivíduos em situação de vulnerabilidade ou risco social sem a necessidade de comprovação de residência.

O texto, que trata da identificação visual para o Sistema Único de Assistência Social (Suas), recebeu uma emenda de redação para facilitar o atendimento, pelo SUS, de moradores de rua, normalmente assistidos por instituições filantrópicas. O PLC 112/2014 segue para a sanção presidencial. O objetivo é favorecer a população de rua, que muitas vezes tem dificuldades para obter medicamentos do SUS.

O projeto determina a criação de uma identidade visual para o Sistema Único de Assistência Social (Suas), que sirva para identificar todos os locais que prestam esse serviço à população. No entanto, o senador Eunício Oliveira (MDB-CE), presidente do Senado, apresentou uma emenda no Plenário que trata do atendimento no SUS.

Segundo o texto, os profissionais de saúde que trabalham no SUS não poderão negar medicamentos a pacientes incapazes de atestar, através de documentação, que residem na região de atendimento. O objetivo é beneficiar os cidadãos em situação de rua ou que morem em locais improvisados e precários, onde não seja possível comprovar o endereço.

Eunício explicou que o projeto não precisará voltar para a Câmara dos Deputados porque a emenda não se trata de uma modificação no conteúdo do projeto. Segundo ele, o texto apenas explicita uma previsão que já existe na Constituição. O artigo 198 da Carta prevê o atendimento integral no Sistema Público de Saúde.

Assistência

O texto principal do PLC 112/2014 trata de garantir uma identidade visual ao Sistema Único de Assistência Social (Suas), nos moldes do SUS, com um símbolo próprio que identifique as unidades públicas estatais, as entidades e organizações de assistência social, os serviços, programas, projetos e benefícios vinculados ao Suas.

"Qualquer família vulnerável que vá pedir um cadastro para um emprego ou se inscrever em um programa social vai saber, pelo símbolo, que uma casa atende, através da sua equipe, o Suas", explicou Simone Tebet.

 

Fonte: Agência Senado

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Lagoinha do Piauí Por Mysael Santana

Gestores de Lagoinha participam do 3º Ciclo de Capacitação do Selo Unicef

Joaquim Pires-PI Por João Victor

SMELT realizou a abertura da Copa Joaquimpirense 2018

Campo Maior Por Wellington Siqueira

Dia D do Novembro Azul tem ações na UBS Fátima

Beneditinos Por Cascatinha Pessoa

Prefeitura inicia calçamento próximo a Caixa D’água

Cabeceiras do Piauí Por Francisco Rocha

PM prende suspeitos de assaltos na região de Cabeceiras, Barras e Boa Hora

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium