Quarta, 19 de dezembro de 2018
(86) 99915-1055
Desk Propaganda
[email protected]
(86) 99976-1848
Victor Mendes

Victor Mendes

Victor Mendes Nutricionista graduado pela UNIFSA, pós-graduado em Nutrição Esportiva e Funcional pela UNINOVAFAPI. Atendimentos em consultório particular. Palestrante e acreditador do universo da boa nutrição, onde o alimento é aliado da vida saudável. Motivado pelo objetivo de ajudar pessoas a alcançarem a melhor saúde que elas podem ter, através do equilíbrio da alimentação.

[email protected]

(86) 99976-1848

Saúde - Informação

Postada em 22/08/2018 ás 10h16 - atualizada em 22/08/2018 ás 10h40

Publicada por: Victor Mendes

Suplementação é apenas para quem pratica exercício físico?
Surge uma grande dúvida entre aqueles que não praticam em questão do uso de suplementos.
Suplementação é apenas para quem pratica exercício físico?

Foto: Divulgação

O consumo de suplementos é algo que desperta interesse não só por praticantes de exercícios físicos. Surge uma grande dúvida entre aqueles que não praticam, posso ou não consumir algum tipo de suplemento? 

Hoje no mercado são encontrados erros gravíssimos na forma com a informação é repassada ao consumidor, citando o exemplo do WHEY PROTEIN que é apresentado na maioria das embalagens como “SUPLEMENTO PROTEICO PARA ATLETAS”, mas a suplementação de WHEY PROTEIN pode ser consumida mesmo que você não seja atleta ou praticante de exercício físico. Posso citar um exemplo claro em que a introdução seria bastante interessante, os idosos necessitam de uma quantidade maior de proteína, entretanto não conseguem consumir devido à diversos fatores: dentição, fraqueza, hábitos alimentares, então seria uma opção que poderia ser introduzido em uma vitamina, mingau e demais alimentos pastosos, como um reforço proteico.  Posso citar como segundo exemplo a CREATINA, que tem como objetivo aumentar a síntese de proteínas musculares, o que para o idoso terá um benefício ainda mais importante. Certamente o idoso tem na perda de massa muscular o fator mais importante no comprometimento de autonomia, maior risco de quedas e perda de qualidade de vida.

A associação da suplementação de creatina com a prática de exercícios, mesmo que de menor carga, pode proporcionar ao idoso uma importante melhora de capacidade funcional. Torna-se, portanto necessário desmistificar o receio do consumo deste suplemento, que desde que administrado na dose recomendada e associado à prática de exercícios representa um nutriente capaz de proporcionar benefícios muito importantes. Esses são alguns exemplos de vários onde podemos introduzir a suplementação. Antes de qualquer uso procure sempre um profissional qualificado.

 

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Revista ADV
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2018 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium