Sábado, 19 de Junho de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

32°

22° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
Esportes Postura
05/09/2018 11h44
Por: Gustavo Henrique

Presidente do Cerro chama jogadores do Palmeiras de drogados

Foto: Divulgação/Espn
Foto: Divulgação/Espn

O presidente do Cerro Porteño-PAR, Juan José Zapag, disparou fortes palavras contra o Palmeiras nessa terça-feira.

Eliminado da Libertadores pelo Verdão na última quinta-feira, o dirigente criticou a postura dos rivais, que jogaram com um atleta a menos a partida toda depois da expulsão de Felipe Melo e praticamente só se defenderam.

Zapag detonou a comemoração efusiva dos alviverdes após a derrota por 1 a 0 para os paraguaios, que classificou o clube brasileiro por causa do placar agregado de 2 a 1, com o triunfo por 2 a 0 conquistado em Assunção.

Continua depois da publicidade

"Nosso rival não quis jogar. Amarraram o jogo como quiseram e o árbitro foi passivo ao assistir sem tomar nenhuma atitude. E o Cerro encarou o jogo como time grande que é", disparou o cartola, à Rádio Monumental 1080 AM.

"Os jogadores do Palmeiras pareciam possuídos, drogados... Não deu para entender o motivo disso acontecer, pois se trata de uma das maiores equipes da América”, completou.

Zapag ainda bateu forte no atacante Deyverson, que entrou no segundo tempo e foi expulso pelo árbitro Germán Delfino após uma cena maluca na lateral do campo. O juiz alegou que ele provocou os adversários, e aplicou cartão vermelho direto.

“O loirinho (Deyverson) entrou completamente louco, parecia um personagem de circo, um palhaço", bradou.

"Eles festejaram a vaga como se tivessem nos atropelado”, finalizou.

Nas quartas da Libertadores, o Palmeiras pega o Colo Colo, do Chile.

Fonte: Espn
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp