Sábado, 30 de maio de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Entretenimento - Ocorrência

Postada em 25/09/2018 ás 12h15

Publicada por: Gustavo Henrique

Funcionário da Record registra queixa contra Geraldo Luís
Ele disse que chegou a ter uma crise nervosa de choro e decidiu, por conta própria, fazer o B.O.
Funcionário da Record registra queixa contra Geraldo Luís

Foto: Divulgação

 

Funcionário da Record, o motorista Ismael Oliveira Silva, de 47 anos, relatou que foi humilhado por Geraldo Luís no horário de trabalho e registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil de São Paulo. Na ocasião, ele revelou que ofensas por parte do apresentador eram comuns nos bastidores das reportagens.

Ele disse que chegou a ter uma crise nervosa de choro e decidiu, por conta própria, fazer o B.O pela internet. Agora, será feito um inquérito policial contra Geraldo Luís, fazendo com que o apresentador corra o risco de ser enquadrado no crime de assédio moral. Segundo a vítima, Geraldo o tratou com grosseria.

No último dia 23 de agosto, ele viu quem era o condutor que havia ido buscá-lo em uma gravação na Mooca e se recusou a entrar no veículo, de acordo com informações do Notícias da TV. Para completar, Geraldo disparou palavrões e gritou com violência contra o funcionário.

“Puta que o pariu!”, disparou Geraldo, segundo o B.O. “Essa atitude é recorrente, inclusive com outras vítimas. No meu caso, ele já praticou algumas vezes, a ponto de, em uma delas, depois que ele desceu [do carro], eu tive uma crise nervosa com choro”, diz ainda o registro.

As atitudes de Geraldo Luís, por sua vez, não são de hoje. Ele mantém essa conduta desde o Balanço Geral, há mais de dez anos, e na Record, nunca ninguém fez nada para impedir, segundo colegas do motorista. A raiva que Geraldo guarda do motorista, segundo ele, foi por um simples motivo pessoal.

O profissional o repreendeu pelo desvio em uma viagem, passando a ser rejeitado desde então. Geraldo chegou a pedir a um produtor que dessas ordens e chamasse a atenção do motorista. Segundo a Record, Ismael prestou queixa interna contra Geraldo, mas não houveram testemunhas.

A emissora confirma ainda que Geraldo se recusou a entrar no carro, mas alega que não houveram agressões verbais, “apenas” um desentendimento sem desrespeito. O apresentador do Domingo Show teria sido chamado para uma conversa e se comprometido a respeitar todos os funcionários subalternos.

Fonte: O TV Foco

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Confira o boletim epidemiológico da COVID -19 em Timon, atualizado em 29/05

Beneditinos Por Cascatinha Pessoa

Beneditinos perde uma das mulheres mais velha da cidade

São João dos Patos - MA Por Cleyton Luis

Guanabara retorna as viagens de São João dos Patos para São Luis

Joaquim Pires-PI Por João Victor

SME implanta aulas remotas nas escolas da rede municipal de ensino

Água Branca-PI Por Celim

Água Branca faz blitz educativa nas entradas da cidade

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium