Terça, 21 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

29°

23° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
Política Apoio
27/09/2018 17h34
Por: Bruna Sampaio

Donos da rede de restaurantes Coco Bambu doam R$ 40 mil a Bolsonaro

A candidatura de Jair Bolsonaro à presidência da República conquistou a simpatia de alguns empresários, que decidiram apoiar financeiramente sua campanha ou declaram publicamente seu voto no ex-capitão do Exército. O apoio mais recente de que se tem notícia é o dos donos da rede de restaurantes Coco Bambu, que doaram 40 mil reais ao candidato do PSL.

Em primeiro lugar nas pesquisas, com 27% das intenções de votos segundo o último levantamento do Ibope, Bolsonaro é também o candidato com maior taxa de rejeição nessas eleições – 44% dos eleitores não votariam nele de jeito nenhum. O candidato coleciona declarações machistas, racistas e de apologia à violência, o que acirra a polarização em torno de sua figura.

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Essa polarização respinga nas empresas cujos sócios decidiram apoiar o candidato. No entanto, se há consumidores contra Bolsonaro, também há os que votam no candidato.

Veja a seguir quem são os empresários que apoiam Bolsonaro oficialmente:

Meyer Joseph Nigri – Tecnisa

Fundador da construtora Tecnisa, Meyer Joseph Nigri doou 30 mil reais para a campanha de Bolsonaro.

Afrânio Barreira Filho e Eugênio Veras Vieira – Coco Bambu

Doaram 20 mil reais cada para a campanha de Bolsonaro. 

Luciano Hang – Havan

Atua como cabo eleitoral de Bolsonaro nas redes sociais e é um de seus principais apoiadores no empresariado. Com forte presença no interior, a rede de Hang tem 107 lojas e 12 mil funcionários pelo país, com faturamento de mais de 5 bilhões de reais em 2017. As lojas da Havan são famosas por suas réplicas de estátuas da liberdade.

Sebastião Bonfim Filho – Centauro

Victor Vicenzza – da marca de sapatos com mesmo nome

O dono da marca de sapatos Victor Vicenzza manifestou apoio a Jair Bolsonaro nas redes sociais, e logo se deparou com a oposição de artistas que tinham parcerias de divulgação com a marca, como a cantora e drag queen Pabllo Vittar e funkeira Ludmilla.

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp