Sábado, 25 de Junho de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

28°

21° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Eleições 2022
Eleições 2022
Tudo sobre as eleições municipais no Piauí.
Política Eleições 2018
07/10/2018 19h17 Atualizada há 4 anos
Por:

Dr. Pessoa tem voto impugnado por violação de sigilo

O procurador regional Eleitoral no estado do Piauí, Patrício Noé da Fonseca, representando o Ministério Público Eleitoral, compareceu na tarde deste domingo (7), à Unidade Escolar Professor Antilhon Ribeiro Soares, no Bairro Lourival Parente, Zona Sul de Teresina (PI), para impugnar a votação da Seção 486 da 2ª Zona Eleitoral em razão da violação do sigilo de votação pelo candidato ao cargo de governador do estado do Piauí, Dr. Pessoa (SD).

Dr. Pessoa adentrou à cabina de votação, na companhia do candidato ao cargo de senador FrankAguiar e de vários repórteres, violando a formalidade essencial ao voto.

Foto: David Pacheco/R10
Foto: David Pacheco/R10

Segundo o procurador, essa violação dá ensejo à nulidade absoluta, como preveem os arts. 103, inc.II:220, inc.IV; e 223, todos da Lei 4.737/1965 (Código Eleitoral) arts.91-A da Lei 9.504/1997 (Lei das Eleições).

Durante a entrega do documento à presidente da mesa receptora, para o devido registro em ata, o procurador enfatizou que a impugnação não representava nenhum obstáculo ao transcurso normal da votação na seção eleitoral e que os trabalhos poderiam seguir normalmente. “Não houve prejuízo aos trabalhos considerando que só posteriormente a impugnação será apreciada e julgada pela presidência da junta apuradora, nos termos do art. 223, do Código Eleitoral”, enfatizou.

Fonte: MPF/PI
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp