Domingo, 12 de julho de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Banner Governo Junho
Política - Declarações

Postada em 22/10/2018 ás 15h24 - atualizada em 23/10/2018 ás 09h55

Publicada por: Bruna Sampaio

Ministros reagem à fala de filho de Bolsonaro sobre fechar o STF
Em um vídeo, o deputado fala que para fechar o STF basta
Ministros reagem à fala de filho de Bolsonaro sobre fechar o STF

Eduardo Bolsonaro (Foto: Lucio Bernardo Junior/Câmara dos Deputados)

Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli, Celso de Mello e Alexandre de Moraes reagiram com firmeza às declarações do deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) a respeito da Corte.

 

As declarações, num vídeo de quatro meses atrás, repercutiram neste fim de semana. Nelas, o deputado diz que o STF poderia ser fechado caso houvesse alguma tentativa de impugnação da candidatura do pai dele, o candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro. Nessa gravação, Eduardo Bolsonaro fala que para fechar o STF basta "um soldado e um cabo".

 

O deputado prosseguiu, desmerecendo o papel do STF: "O que que é o STF, cara? Tira o poder da caneta de um ministro do STF, o que ele é na rua? Vc acha que a população... Se você prender um ministro do STF, vc acha que vai ter uma manifestação a favor dos ministros do STF?'

 

Dias Tofolli

 

O presidente do Supremo, Dias Toffoli, afirmou por meio de nota nesta segunda-feira (22) que "atacar o Poder Judiciário é atacar a democracia": "O Supremo Tribunal Federal é uma instituição centenária e essencial ao Estado Democrático de Direito. Não há democracia sem um Poder Judiciário independente e autônomo. O País conta com instituições sólidas e todas as autoridades devem respeitar a Constituição. Atacar o Poder Judiciário é atacar a democracia."

 

Celso de Melo

 

"Essa declaração, além de inconsequente e golpista, mostra bem o tipo (irresponsável) de parlamentar cuja atuação no Congresso, mantida essa inaceitável visão autoritária, só comprometerá a integridade da ordem democrática e o respeito indeclinável que se deve ter pela supremacia da Constituição!!!! Votações expressivas do eleitorado não legitimam investidas contra a ordem político-jurídica! Sem que se respeitem a Constituição e as leis, a liberdade e os direitos básicos do cidadão restarão atingidos em sua essência pela opressão do arbítrio daqueles que insistem em transgredir os signos que consagram o Estado democrático de direito", disse o ministro Celso de Mello, decano do STF.

 

Alexandre de Moraes

 

"É algo inacreditável é que no Brasil, século XXI, a Constituição com 30 anos, ainda tenhamos que ouvir tanta asneira vinda da boca de quem representa o povo. E que confirma uma das frases mais importantes de um dos grandes democratas, um dos pais fundadores dos Estados Unidos, Thomas Jefferson, que disse: 'o preço da liberdade é a eterna viglância'", afirmou.

 

O ministro disse que vai pedir abertura de inquérito à Procudoria Geral da República pra investigar as declarações: "Isso é crime tipificado na Lei de Segurança Nacional. Artigo 23, Inciso terceiro. Incitar animosidade entre Forças Armadas e insitutições civis".

Fonte: G1

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

José de Freitas-PI Por Ítalo Fonseca

Piauí tem o maior índice de isolamento Social no País.

Picos Por Jucelma Sales

Hospital Regional de Picos registra quatro mortes

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Algo Sensacional

Floriano Por Ilizianny de Carvalho

Retomada as obras de asfaltamento de ruas em Floriano

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

São João do Arraial registrou mais 09 novos casos de Coronavírus

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium