Quarta, 20 de novembro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(86) 99951-5621
Agricolândia-PI

Agricolândia-PI

Gilberto Alencar Correspondente do município.

[email protected]

(86) 99951-5621

Cidades - Tribunal de Contas

Postada em 23/10/2018 ás 13h33 - atualizada em 24/10/2018 ás 08h33

Publicada por: Gilberto Alencar

TCE bloqueia precatórios do Fundef de Agricolândia e mais 27 cidades
O MP de Contas solicitou que seja encaminhado ao TCE-PI o Plano de Ação Estratégico.
TCE bloqueia precatórios do Fundef de Agricolândia e mais 27 cidades

Foto: Divulgação/TCE-PI

O Ministério Público de Contas do Piauí solicitou ao Tribunal de Contas do Estado, através do Procurador-Geral em exercício, Pinheiro Júnior, em sessão plenária realizada nessa segunda-feira (22), o bloqueio da conta do FUNDEF de 28 (vinte e oito) prefeituras municipais piauienses que receberam valores referentes aos precatórios repassados pela União. A decisão objetiva a aplicação adequada e legal dos recursos financeiros do Fundo na educação pública.

Para que sejam liberados os 40% do FUNDEF, o MP de Contas solicitou que seja encaminhado ao TCE-PI o Plano de Ação Estratégico, em consonância com as metas e estratégias previstas no Plano Municipal de Educação, elaborado por cada município. Solicitou, ainda, que toda documentação exigida através do Acórdão nº 2.711-A-17/TCE-PI, que regulamenta meios de fiscalização da aplicação desses recursos, sejam entregues também ao TCE.

Em relação aos 60% dos valores do Fundo, o MPC-PI solicitou que, enquanto não julgado, no mérito, a questão da subvinculação, por parte do Tribunal de Contas da União (Processo – TC 020.079/2018-4), o gestor se abstenha de utilizar recursos do Fundo para realizar pagamento a profissionais do magistério ou a quaisquer outros servidores públicos.

A Corte do TCE decidiu, por maioria, acatar as solicitações do MP de Contas, determinando o bloqueio de 40% dos valores até que os municípios atendam o que fora solicitado, e o bloqueio de 60% até que o TCU determine sobre a destinação correta para essas verbas.

Confira os municípios que tiveram determinação de bloqueio de valores do FUNDEF por decisão do Tribunal de Contas do Estado:

Agricolândia; Água Branca; Alto Longá; Altos; Alvorada do Gurgueia; Bela Vista do Piauí; Beneditinos; Campo Maior; Caxingó; Eliseu Martins; Francinópolis; Francisco Santos; Jurema; Lagoa de São Francisco; Nossa Senhora de Nazaré; Nova Santa Rita; Pio IX; Prata do Piauí; Rio Grande do Piauí; Santa Filomena; São Braz do Piauí; São Félix do Piauí; São Francisco de Assis do Piauí; São José do Piauí; São Miguel da Baixa Grande; Valença do Piauí; Vera Mendes; Wall Ferraz.

Fonte: MPC-PI

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium