Segunda, 06 de julho de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Banner Governo Junho
Política - Ex-candidato

Postada em 01/11/2018 ás 07h54 - atualizada em 01/11/2018 ás 11h19

Publicada por: Gustavo Henrique

Fernando Haddad é condenado a pagar R$ 200 mil a promotor
A acusação de corrupção foi investigada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.
Fernando Haddad é condenado a pagar R$ 200 mil a promotor

Foto: Divulgação/REUTERS

O ex-prefeito paulista e candidato à Presidência derrotado, Fernando Haddad (PT), foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo a pagar R$ 200 mil reais de indenização ao promotor Marcelo Milani. A decisão ainda cabe recurso.

Milani, que é promotor do Ministério Público de São Paulo (MP-SP), processou Haddad após ser acusado por ele de ter pedido R$ 1 milhão de propina para não mover uma ação civil pública sobre a construção do estádio do Corinthians. O processo detalha que a declaração de Haddad foi feita em entrevista a uma revista em 2017.

A acusação de corrupção foi investigada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e pela Corregedoria do MP. O ex-prefeito não entregou provas.

Em nota, a defesa do petista afirmou que ele ainda não foi intimado, mas entrará com recurso.

O juiz Fabio Fresca, da 4ª Vara Cível, entendeu que os fatos são "infundados" e até "criminosos".

“Não há dúvidas de que o comportamento do requerido teve o condão de caracterizar dano moral, pois, impôs ao autor passar por situações vexatórias e delicadas, nos âmbitos profissional, familiar e social, tendo que enfrentar o descrédito da sociedade e de seus pares diante da séria acusação de corrupção passiva e prevaricação”, escreveu.

De acordo com a assessoria de Haddad, "enquanto Prefeito de São Paulo, [a atuação dele] se restringiu a comunicar supostas irregularidades às autoridades cabíveis, sob pena de ser conivente com a situação".

"A oitiva de testemunhas que presenciaram os fatos e que podem auxiliar no esclarecimento da verdade, como o ministro Alexandre Moraes e o desembargador Roberto Porto, foi negada pelo juiz, embora expressamente solicitada em mais de uma ocasião pela defesa", diz nota.

Fonte: G1

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Picos Por Jucelma Sales

Décimo quarto óbito por Covid-19 é registrado em Picos

Gilbués-PI Por Lucas Oliveira

NOTA DE PESAR

São João dos Patos - MA Por Cleyton Luis

Amanhã terá testagem para o COVID-19 na OAB subseção de São João dos Patos

Lagoa do Sítio-PI Por Notícias de Lagoa do Sítio

Vanessa Reis envia nota de Pesar pela morte do Dep. Federal Assis Carvalho.

Colônia do Gurgueia Por Francelia

Colônia do Gurgueia parou nesse domingo, prefeitura agradece ao povo

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium