Domingo, 17 de fevereiro de 2019
(86) 99915-1055
Full paper
Política - Afastado

Postada em 10/11/2017 ás 12h45

Publicada por: Bruna Dias

Destituído do comando do PSDB, Tasso critica Aécio
Senador estava na presidência interina do PSDB desde maio, mas foi afastado do posto por Aécio nesta quinta-feira (9).
Destituído do comando do PSDB, Tasso critica Aécio

Foto: Wilton Júnior/Estadão Conteúdo

Destituído do comando do PSDB, o senador Tasso Jereissati (CE) fez duras críticas nesta quinta-feira (9) ao senador Aécio Neves (MG), afirmando que os dois têm diferenças "muito profundas". Ele disse ainda, sem citar nomes: "Esse PSDB desses caras não é o meu PSDB".

Ao comentar o assunto, Aécio disse estar "preocupado" com o fato de o PSDB "sair da agenda ou da vanguarda das grandes reformas que precisam ocorrer no Brasil para se limitar a uma disputa interna". 

Aécio estava licenciado da presidência do PSDB desde maio e, nesse período, Tasso comandou a legenda de maneira interina. De lá para cá, os grupos dos dois senadores se distanciaram, principalmente porque Aécio defendeu a permanência do partido no governo do presidente Michel Temer, e Tasso, o desembarque.

Aécio indicou para a presidência interina do PSDB o ex-governador de São Paulo Alberto Goldman, que defendeu unidade dentro da legenda.

No dia 9 de dezembro, o PSDB fará a convenção nacional para eleger o novo presidente para os próximos dois anos. Tasso já lançou sua candidatura e, segundo o senador, Aécio o procurou para que deixasse a presidência interina do partido em prol da "equidade" da disputa.

"Eu disse para ele que pedia dele uma certa sinceridade quando viesse argumentar as razões, porque, afinal de contas, nós éramos amigos -somos, espero, durante 30 anos- e eu sabia perfeitamente que ele não queria isso em nome da equidade", disse Tasso.

"E pedi apenas para que ele falasse comigo com toda a franqueza: que ele, na verdade, não queria que eu fosse candidato nem presidente do partido, que era essa a questão, porque nós temos hoje diferenças profundas, muito profundas", acrescentou o senador.

Indagado, então, sobre quais são essas diferenças, Tasso respondeu: "são conhecidas de todos vocês, são diferenças profundas, desde comportamento político, comportamento ético, visão de governo, fisiologismo, a questão de fisiologismo desse governo."

Aécio respondeu: "Essa decisão é absolutamente normal, feita com absoluta serenidade, ouvindo vários setores do partido. Vamos garantir que essa disputa se dê em alto nível, discutindo aquilo que interessa efetivamente ao país".

Fonte: G1

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Revista ADV

»

Amarante-PI Por Diogo Costa

Prefeitura de Amarante realizou o maior Zé Pereira de todos os tempos

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Alegria e segurança marcam primeira noite do Zé Pereira de Timon

Campo Largo-PI Por Roberto Freitas

Encerramento da XIII Assembleia Paroquial da Paróquia São José

São Miguel do Tapuio Por Valter Lima

Neide Alves confirma pré-candidatura à prefeitura de São Miguel do Tapuio

Assunção do Piauí Por Valter Lima

Câmara Municipal de Assunção do Piauí dará início as Atividades Legislativa

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium