Segunda, 20 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

30°

24° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
Política Operação
09/11/2018 08h24 Atualizada há 3 anos
Por:

Polícia Federal prende Joesley Batista, dono da JBS

A Polícia Federal prendeu, nesta sexta-feira (9), o empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, e o vice-governador de Minas Gerais, Antônio Andrade (MDB), por crime de lavagem de dinheiro em uma ação que é desdobramento da Operação Lava Jato.

De acordo com a PF, a operação busca desarticular uma organização criminosa que atuava na Câmara dos Deputados e no Ministério da Agricultura.

Joesley (Foto: Adriano Machado/Reuters)
Joesley (Foto: Adriano Machado/Reuters)

Andrade foi ministro da Agricultura do governo Dilma Rousseff (PT) entre 2013 e 2014. O sucessor de Andrade no ministério, o deputado federal eleito Neri Geller (PP-MT) também foi preso pela PF nesta sexta, em Rondonópolis (MT). Geller ocupou a pasta em 2014.

Continua depois da publicidade

Joesley foi preso pela primeira vez em setembro do ano passado e ficou em reclusão até março deste. O STF (Supremo Tribunal Federal) havia determinado sua prisão, na ocasião, por ele ter supostamente omitido informações de sua delação premiada na PGR (Procuradoria-Geral da República).

A ação, batizada de Capitu, é realizada nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraíba e Mato Grosso, além do Distrito Federal.  

Joesley foi preso em São Paulo, e Andrade no interior mineiro, na cidade de Vazante, berço político do atual vice-governador de Fernando Pimentel (PT).

Estão sendo cumpridos, no total, 19 mandados de prisão temporária, com duração de até cinco dias. Eles foram expedidos pelo TRF-1 (Tribunal Regional Federal da 1ª Região), que também ordenou o cumprimento de outros 63 mandados de busca e apreensão nos cinco estados e no Distrito Federal.

Fonte: UOL
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp