Quarta, 12 de agosto de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Camanha ProPiauí Julho
Piauí - Atendimentos

Postada em 20/11/2018 ás 09h18 - atualizada em 20/11/2018 ás 09h43

Publicada por:

Coordenadoria da Mulher já realizou 17 mil atendimentos desde sua criação
O governador Wellington Dias se comprometeu a buscar meios para ampliar as ações da pasta.
Coordenadoria da Mulher já realizou 17 mil atendimentos desde sua criação

Foto: Reprodução

A Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres (CPPM) comemora um desempenho inédito na atenção a esse importante público no Piauí. O órgão contabiliza 17 mil atendimentos realizados desde que foi criado há quatro anos, com a proposta de articular, principalmente, ações de combate a todo tipo de violència exercida contra mulheres. Os números foram apresentados ao governador Wellington Dias, nessa segunda-feira (19), pela coordenadora da pasta, Haldaci Regina, que comemorou os resultados alcançados. 

Um dos carros-chefe nessa atenção é o projeto Unidades Móveis, resultado do pacto nacional de combate à violência contra as mulheres. A coordenadoria dispõe de ônibus que vão até a zona rural dos municípios, atender ao público. "Falamos sobre o que caracteriza violência e provocamos nas mulheres o desejo do atendimento no ônibus, onde levamos advogada, psicóloga e assistente social. A pessoa declara o que está passando e depois nos reunimos com a rede, composta por órgãos como conselho tutelar, educação, saúde, assistência social, igrejas e discutimos o que está se passando e como o município vai se movimentar para atender às demandas", explicou Haldaci Regina.

Pelos levantamentos da CPPM, as unidades móveis contemplaram 170 municípios piauienses. Graças ao trabalho, 13 prefeituras criaram os OPMs - organismos de políticas para mulheres - e passaram a realizar o próprio atendimento .

Outro avanço comemorado é a Casa Abrigo, criada para hospedar mulheres sob risco de violência. A atuação da coordenadoria e a divulgação dos serviços atrairam diversas mulheres em situação de vulnerabilidade em municípios do interior do Piauí. A casa já abrigou até 15 mulheres. O desafio para o futuro é ampliar as instalações para ofertar mais vagas.

O governador Wellington Dias enalteceu a importância do trabalho desenvolvido pela Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres e se comprometeu a buscar meios para ampliar as ações da pasta no próximo mandato.

Fonte: Ascom

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Gilbués-PI Por Lucas Oliveira

Prefeitura municipal de Gilbués leva aulas remotas a zona rural

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Águas de Timon disponibiliza terminal de autoatendimento em shopping

Colônia do Gurgueia Por Francelia

Governo entrega títulos de doação de imóveis em Colônia do Gurgueia

Morro Cabeça no Tempo-PI Por R10 municípios

Prefeitura inicia mais uma obra de calçamento em Morro Cabeça no Tempo

Uruçuí Por Jailton Silva

Prefeitura divulga lista de aprovados para brigadistas em Uruçuí

Mais lidas da semana

»

© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium