Terça, 19 de Outubro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

25°

24° 36°

Teresina - PI

Últimas notícias
Piauí Denúncia
21/11/2018 16h32 Atualizada há 3 anos
Por: Bruna Dias

Avó denuncia que neta foi expulsa de ônibus escolar em Nazária

Uma avó denunciou que a neta foi expulsa do ônibus escolar que fazia o transporte de alunos para o povoado Lagoa Seca, zona rural de Nazária, que tem como gestor Osvaldo Bonfim. Segundo Maria do Amparo, a neta foi deixada a uma distância de 15 km de casa.

Ela disse que a criança chegou a caminhar por alguns quilômetros até que o ônibus com professores passou e levou a menina até sua residência. A avó contou que a criança chegou em casa chorando.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

“A gente perguntou, ela disse que é porque ela estava gritando dentro do ônibus e o motorista perguntou quem estava gritando. Ela disse: ‘foi eu’ e ele falou: ‘pois vá para fora do ônibus agora’. A monitora falou que a criança que não obedecer, a ordem do secretário é botar pra fora. Criança é criança, jamais vai ficar sem fazer zoada”, contou a avó.

Em nota, a prefeitura de Nazária, por meio da assessoria de imprensa, esclareceu que “a aluna citada na matéria foi conduzida a outro ônibus devido à sua indisciplina no ônibus escolar em que se encontrava. A estudante foi levada pela monitora até o ônibus dos professores, que a deixou em sua casa”.

Confira o relato da avó da criança:

Esta não é a primeira vez que Osvaldo Bonfim se envolve em polêmica. Em 2012, ele foi alvo da operação Gangrena, deflagrada pela Polícia Federal, afim de apurar desvios de recursos da Saúde através de superfaturamento na aquisição de medicamentos.

Na época, Osvaldo Bonfim, segundo colocado nas eleições, e então presidente do Conselho Regional de Farmácia do Piauí, foi afastado do cargo. A demissão do atual prefeito de Nazária foi publicada o Diário Oficial do Estado, na edição do dia 22 de novembro de 2012.

Osvaldo foi acusado de superfaturamento na compra de equipamentos no Lacen - Laboratório Central de Saúde Pública -, quando era diretor do mesmo no primeiro semestre de 2010.

*Com informações do Cidadeverde.com

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp