Domingo, 19 de maio de 2019
(86) 99915-1055
redacao@portalr10.com
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Governo do Estado
Política - Declaração

Postada em 06/12/2018 ás 09h35 - atualizada em 06/12/2018 ás 09h48

Publicada por: Laurivânia Fernandes

Temer diz que congresso não vai "atrapalhar" as reformas
Presidente acredita que deputados e senadores não vão atrapalhar os planos de Jair Bolsonaro.
Temer diz que congresso não vai

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Michel Temer defendeu que o novo governo adote o multilateralismo em sua política externa. Em entrevista à TV Brasil, o emedebista falou sobre o período da presidência e defendeu sua política tanto dentro do País, como na relação com o exterior. Ele aproveitou para falar que espera que Jair Bolsonaro aprove as reformas necessárias para o futuro dos brasileiros.

“O Congresso tem consciência da necessidade do país. Não vai atrapalhar; vai aprovar o que for importante”, disse Michel Temer .

 Ele destacou que Bolsonaro já está conversando com as bancadas partidárias. Para Temer, mesmo os novos eleitos, que nunca foram políticos, “logo se aclimatarão e votarão positivamente ao que interessar ao povo brasileiro.”

Temer afirmou ainda que o multilateralismo é uma das exigências da globalização. Para ele, o isolacionismo pode até funcionar para países como os Estados Unidos, que detêm força política e econômica. “Não somos os Estados Unidos; e não temos o mesmo poder”, observou. 

O atual presidente mostra otimismo com o próximo governo e, segundo ele, Bolsonaro vai governar um País que está entrando no eixo, sobretudo com as melhoras econômicas e apoio das bancadas.

Temer aponta como legado de seu governo a queda da inflação e dos juros, a valorização das estatais, além da reforma trabalhista. Na área de meio ambiente, destacou a criação de reserva marinha e da ampliação dos parques nacionais.

Jair Bolsonaro se reuniu com Temer no início do mês de novembro para dar início à transição. Na época, o presidente eleito afirmou que vai lutar para que uma reforma da Previdência seja aprovada, mas com diferenças em relação à proposta pelo seu antecessor.

O emedebista prometeu deixar as portas abertas para  o presidente eleito e deixou também os ministros disponíveis para dar as informações que forem solicitadas.

Vice de Dilma Rousseff, Michel Temer assumiu a presidência após o impeachment da petista, em 2016. Desde então, o político enfrentou denúncias de corrupção, conseguiu aprovar as reformas trabalhistas e do Ensino Médio, além de instituir um teto de gastos para serviços públicos.

Fonte: Ig Notícias

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

Caminhada de combate ao Abuso e exploração sexual de criança e adolescente

Campo Largo-PI Por Roberto Freitas

Brejo-MA, goleia em rodada no Campeonat Society Quarentão em Campo Largo-PI

Olho D'água do Piauí Por Jô Mendes

Seleção olhodaguense vence na abertura do 3° Copão Ampar

Cristino Castro-PI Por Rai Lima

Prefeitura de Cristino Castro realizou caminhada em alusão ao 18 de Maio

Francinópolis Por Odair de Oliveira Morais

Rede Municipal de Francinópolis realiza provas e lançamento de foguetes

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium