Sábado, 24 de agosto de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Política - Levantamento

Postada em 10/12/2018 ás 10h43 - atualizada em 10/12/2018 ás 10h49

Publicada por: Bruna Sampaio

Onze governadores podem deixar Estados sem caixa
A prática é vedada pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).
Onze governadores podem deixar Estados sem caixa

Ana Paula Vescovi, secretária-executiva do Ministério da Fazenda (Foto: José Cruz/AGÊNCIA BRASIL)

A menos de um mês do fim do mandato, 11 governadores correm o risco de deixar seus Estados sem caixa para cobrir despesas realizadas em sua gestão, segundo levantamento feito pelo ‘Estadão/Broadcast’. A prática é vedada pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e criminalizada no Código Penal, sujeita a pena de um a quatro anos de reclusão, embora até hoje ninguém tenha sido responsabilizado formalmente. 

A punição foi incluída na lei para que os sucessores no cargo não encontrem uma situação de “terra arrasada” quando começarem os seus mandatos. A reportagem consultou técnicos do Tesouro Nacional para cruzar dados fornecidos pelos próprios Estados ao Ministério da Fazenda e chegar à disponibilidade de caixa de cada um deles até outubro deste ano. Depois, foram estimados o volume de despesas deste ano que ficará para o próximo exercício (os chamados “restos a pagar”), uma vez que este valor também afeta as disponibilidades financeiras dos Estados.

Os chefes dos poderes precisam pagar todas as despesas feitas em seu mandato. Para isso, devem quitar todos os compromissos até 31 de dezembro do último ano da gestão ou deixar dinheiro em caixa para honrar as parcelas que ficarem para seu sucessor. No entanto, muitos já admitem publicamente que não terão dinheiro, por exemplo, para pagar o 13.º salário dos servidores. A fatura ficará para os governadores eleitos. Se somadas as disponibilidade de caixa dos governos estaduais, a estimativa do rombo que deve ficar para os eleitos é de R$ 78,4 bilhões.

No ritmo atual, correm o risco de ficar sem caixa para cobrir os gastos os governos de Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Sergipe. Também estão nesse grupo São Paulo e Rio Grande do Norte, mas esses Estados só apresentaram até agora os dados da execução orçamentária até agosto, de acordo com o sistema do Tesouro (leia o que dizem os governadores na pág. B4). 

Fonte: Estadão

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

São Gonçalo do Piauí Por Francisco Rockentura

Nathan Sousa é finalista do 2º Prêmio Literatura & Fechadura

Joaquim Pires-PI Por João Victor

SEBRAE realiza palestra sobre sustentabilidade ambiental

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Vídeo: CTA/Senarc e 27º BPM-MA erradicam 32 mil pés de maconha

Landri Sales-PI Por Domingos Veloso

Servidores da Educação de Landri Sales participam de evento UMDIME

Guadalupe-PI Por Euclides Alves

Estrada que liga os municípios de Guadalupe e Jerumenha será recuperada

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium