Quarta, 17 de julho de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Polo Sustentavel Posição 1
Política - Rede social

Postada em 06/01/2019 ás 10h11 - atualizada em 06/01/2019 ás 11h49

Publicada por: Bruna Sampaio

Bolsonaro bloqueia perfil de Haddad após discussão no Twitter
O presidente criticou o ex-prefeito, que respondeu suas provocações.
Bolsonaro bloqueia perfil de Haddad após discussão no Twitter

Foto: Reprodução/Metrópoles

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi ao Twitter, no início da tarde desse sábado (5/1), criticar o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad e o Partido dos Trabalhadores (PT). Após responder as provocações, o petista foi bloqueado pelo chefe do Executivo federal na rede social.

Pela manhã, Bolsonaro chamou Haddad de “marmita” e “fantoche do presidiário corrupto” (em citação indireta ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva) após o ex-prefeito paulistano ter compartilhado um artigo da revista Deutsche Welle que critica o “anti-intelectualismo” no Brasil. Segundo o presidente, o PT promove uma série de motivos para a sua derrota na eleição de outubro de 2018.

Haddad respondeu a Bolsonaro na rede social e o convidou para um debate “frente a frente”. “Estou disponível”, escreveu o petista.

De acordo com o presidente, “o PT quebrou o Brasil de tanto roubar, deixou a violência tomar proporções de guerra, é uma verdadeira quadrilha e ninguém aguenta mais isso”.

A postagem de Fernando Haddad no Facebook foi feita na noite dessa sexta-feira (4/1). Na resposta ao presidente, o petista destacou uma frase de um artigo publicado pela revista alemã Deutsche Welle: “No Brasil, está na moda um anti-intelectualismo que lembra a Inquisição. Seus representantes preferem Silas Malafaia a Immanuel Kant. Os ataques miram o próprio esclarecimento”. O texto é de autoria de Philipp Lichterbeck e não do petista. A resposta de Haddad não está mais disponível no perfil de Bolsonaro.

Na noite de sexta-feira, após o bate-cabeça provocado por uma declaração de Jair Bolsonaro sobre a possibilidade de aumento da alíquota do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), Haddad ironizou o presidente. O chefe do Executivo federal havia dito que poderia reajustar o imposto. Bolsonaro foi desmentido pela própria equipe. “Ele se equivocou”, disse o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Fonte: Metrópoles

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Colônia do Gurgueia Por Geney Ribeiro

Prefeita Doquinha em reunião com Governador Wellington Dias e líderes do PT

Assunção do Piauí Por Valter Lima

PSD municipal reúne lideranças para filiações e estratégia na política 2020

Esperantina-PI Por Francisco Menezes

Presidente Themístocles entrega computadores de doação da Assembleia ao HGV

Olho D'água do Piauí Por Jô Mendes

Procissão, missa e show em praça encerram o festejo de Olho D'água

Oeiras Por Thainah Cortez

Prefeito inaugura praça e anuncia novas obras no Bairro Várzea em Oeiras

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium