Quarta, 03 de Março de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

25°

23° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
R10 municípios
R10 municípios Redação do Portal R10 / Equipe R10 Municípios
Cidades Benefício
20/01/2019 08h25 Atualizada há 2 anos
Por: R10 municípios

Prefeito projeta geração de energia solar para órgãos públicos

“A Prefeitura pretende instalar micro usinas de energia solar

Foto: Reprodução/Cidades na Net
Foto: Reprodução/Cidades na Net

Uma ideia ousada e que é a tendência do momento, está sendo projetada pelo prefeito Jorismar José da Rocha (PT), no município de Alagoinha do Piauí. Trata – se, da criação e implantação de micro usinas fotovoltaicas, que vão gerar energia através do sol.

Para isso, o Governo Municipal conta com um estudo técnico da empresa, “Ultralink Solar”, que está elaborando o projeto e vai apontar as potencialidades de produção de energia solar no município.

Uma reunião aconteceu na manhã deste sábado, 19, entre representantes da Prefeitura e a empresa que vai elaborar e acompanhar o projeto.

Segundo informações, Jorismar destacou que a energia elétrica vem, com o passar dos anos, sofrendo grandes ajustes e os aumentos têm sido considerados grandes para toda a população. Segundo ele, este impacto também chega aos órgãos públicos, como é o caso da Prefeitura, que atualmente tem um custo muito alto na conta de energia para o funcionamento das secretarias, escolas, postos de saúde e bombas de abastecimento de água dos poços do município.

“A Prefeitura pretende instalar micro usinas de energia solar. Esse projeto vai abastecer com energia que vem do sol todas as unidades consumidoras dos órgãos públicos. Foi dado o primeiro passo, que é a elaboração do projeto para a captação dos recursos junto ao deputado federal Assis Carvalho (PT). Este projeto visa a diminuição dos custos da energia elétrica e otimiza o serviço com uma energia limpa, que provoca o desenvolvimento sustentável e renovável para abastecer todos os órgãos públicos municipais ”, disse.

A reunião que debateu a geração de energia solar em Alagoinha, contou além da presença do prefeito e de representantes da empresa, com a presença do secretário de Administração Flávio Rocha e do secretário de Obras, Alberto Sá.

“Vamos elaborar o projeto e buscar a todo vapor a captação de recursos, para este sonho tornar realidade em nosso município”, concluiu o prefeito.

_Tendência:

De acordo com informações do Olá Jornal, em dezembro de 2017, a Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados aprovou alíquota zero de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para coletores ou painéis solares usados no aquecimento de água e na geração de energia. A proposta também determina o uso de energia solar nos prédios do governo federal construídos após a aprovação da lei.

O texto aprovado determina que os prédios públicos a serem construídos prevejam instalação de equipamentos solares com capacidade de gerar energia equivalente a 10% do consumo de eletricidade previsto. Se não for possível instalar os painéis solares no prédio público, eles deverão ser instalados de forma remota, dentro da mesma área de concessão ou permissão de distribuição de energia elétrica.

Fonte: Cidades na Net
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®