Quarta, 12 de agosto de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(61) 98191-9906
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

Jornalista Milton Atanazio Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.

[email protected]

(61) 98191-9906

Política - Flávio Bolsonaro

Postada em 24/01/2019 ás 08h48 - atualizada em 24/01/2019 ás 09h23

Publicada por: Jornalista Milton Atanazio

Mourão e Heleno, elogiaram a fala de Bolsonaro sobre Flávio
"Simplesmente o presidente traduziu a máxima do Estado de direito: a lei será cumprida"
Mourão e Heleno, elogiaram a fala de Bolsonaro sobre Flávio

o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno e o vice-presidente Hamilton Mourão

Para Mourão e Heleno, fala de Bolsonaro sobre Flávio mostra que 'lei é para todos'

Em entrevista a Bloomberg, em Davos, na Suíça, o presidente Jair Bolsonaro parece ter dado uma declaração incisiva e enfática sobre a polêmica envolvendo seu filho, Flávio Bolsonaro no caso dos depósitos atípicos na Alerj. Ao ser questionado pelo jornalista estrangeiro sobre a situação do filho, o presidente foi direto ao ponto e disse que lamenta como pai sobre os fatos ocorridos, mas que o filho terá que pagar o preço de seus atos.

Bolsonaro também disse que a situação de desvio de verbas públicas é inaceitável e que o seu governo não irá tolerar casos assim.

O vice-presidente, Hamilton Mourão, que está no Brasil, também seguiu a mesma linha de raciocínio do presidente ao ser questionado sobre o caso de Flávio Bolsonaro e disse que agora é necessário “apurar e punir, se for o caso”.

Hamilton Mourão, e o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, elogiaram, a fala de Jair Bolsonaro na qual o presidente disse que, se o filho Flávio Bolsonaro errou, precisa pagar, segundo noticiou a  jornalista Andréia Sadi em seu blog na internet.

Mourão lembrou que o presidente já havia adotado essa linha no começo do caso e, agora, repetiu. "Ele falou o 'apure e puna se for o caso', como falamos no Exército", ressaltou o vice-presidente.

"Simplesmente o presidente traduziu a máxima do Estado de direito: a lei será cumprida", complementou.

Heleno, que está em Davos com o presidente, também foi na mesma linha. "Achei ótimo, não tem ex-pai. A frase foi muito bem colocada."

Questionado sobre se concordava com a avaliação de Mourão de que a fala de Bolsonaro sinaliza que a lei é para todos, Heleno disse: "Perfeitamente. A lei é para todos mesmo."

 

Fonte: g1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium