Sábado, 08 de Maio de 2021
86 9 9821-9621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 98195-0154

25°

24° 33°

Teresina - PI

Últimas notícias
Blog do Lucão
Blog do Lucão Fique por dentro de tudo que acontece na região.
Cidades Policial
12/02/2019 09h17 Atualizada há 2 anos
Por: Blog do Lucão

Polícia identifica suspeito de executar jovem na 'Litorânea' em São Luís

Jovem é executado a tiros na Avenida Litorânea em São Luís
Jovem é executado a tiros na Avenida Litorânea em São Luís

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), identificou Eduardo Correa Durans como o principal suspeito de ter executado a tiros na noite de segunda-feira (11) na Avenida Litorânea, em São Luís, o jovem Erick Cuba de Oliveira, 19 anos, quando ele estava com amigos jogando bola na praia.

Segundo a polícia, Eduardo Correa teria uma rixa antiga contra a vítima. Eles teriam tido uma desavença no ano de 2018. Erick Cuba, a vítima do homicídio, teria esfaqueado Eduardo Correa, o autor do homicídio.

Após as investigações e descobertas da polícia, o próximo passo da equipe policial é tentar encontrar e prender o suspeito da morte de Erick Cuba de Oliveira.

Continua depois da publicidade

Homicídio na Avenida Litorânea

Erick Cuba de Oliveira foi executado a tiros na noite desta segunda-feira (11), na Avenida Litorânea quando estava com amigos jogando bola na praia, em São Luís. Segundo testemunhas, o crime teria sido cometido por dois homens que estavam em uma motocicleta vermelha.

Erick de Oliveira era filho de um policial civil aposentado. O corpo da vítima ficou caído no calçadão da Avenida Litorânea. Ele já estava com o material pronto para o jogo noturno quando foi atingido.

VEJA O VÍDEO DA MATÉRIA => https://g1.globo.com/ma/maranhao/noticia/2019/02/12/policia-identifica-suspeito-de-homicidio-contra-jovem-executado-na-avenida-litoranea-em-sao-luis.ghtml

PUBLICIDADE:NUTRIFIT
zoomBANNER ODONTO

Fonte: G1-MA
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp