Terça, 22 de outubro de 2019
(86) 98111-9939
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
[email protected]
(61) 98191-9906
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

Jornalista Milton Atanazio Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.

[email protected]

(61) 98191-9906

Política - Venezuela

Postada em 23/02/2019 ás 10h59

Publicada por: Jornalista Milton Atanazio

Ao vivo: Manifestantes protestam na Venezuela
Eles atiram pedras contra policiais venezuelanos, que revidam com gás lacrimogêneo
Ao vivo: Manifestantes protestam na Venezuela

Manifestantes protestam contra forças de segurança na fronteira da Venezuela com a Colômbia neste sábado (23).

Manifestantes protestam na Venezuela após fechamento de fronteira com a Colômbia

Eles atiram pedras contra policiais venezuelanos, que revidam com gás lacrimogêneo. Segundo o governo colombiano, que faz oposição a Maduro, pelo menos quatro membros das forças de segurança venezuelanas desertaram e pediram proteção ao país vizinho.

Vídeo

https://g1.globo.com/globonews/jornal-globonews/video/manifestantes-e-policiais-entram-em-confronto-na-fronteira-da-venezuela-com-a-colombia-7405134.ghtml

Manifestantes protestaram contra policiais na fronteira entre a Venezuela e a Colômbia na manhã deste sábado (23). As pessoas atiraram pedras contra as forças de segurança, que revidou com gás lacrimogêneo. O protesto ocorre após o fechamento da fronteira entre os dois países pelo estado de Táchira (oeste).

Segundo a agência de notícias EFE, pelo menos quatro membros da Guarda Nacional Bolivariana desertaram neste sábado na fronteira entre os dois países e pediram proteção à Colômbia na cidade de Cúcuta, informou a agência de migração colombiana.

"Três membros da guarda venezuelana acabam de desertar a ditadura de Nicolás Maduro na Ponte Internacional Simón Bolívar e pediram ajuda à imigração da Colômbia", afirmou a agência em nota. O órgão também relatou que um sargento venezuelano desertou as forças de segurança ligadas a Maduro na ponte Francisco de Paula Santander, que liga o estado venezuelano de Táchira com o colombiano Norte de Santander.

Em outra parte da fronteira, na ponte internacional Simón Bolívar, um tenente e outros dois sargentos também se entregaram, de acordo com a EFE.

Fonte: g1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium