Segunda, 15 de julho de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Inovance super banner
Piauí - Mensagem 6

Postada em 28/02/2019 ás 08h16

Publicada por: Bruna Sampaio

Wellington retira projeto que suspende reajuste de servidores
Decisões que impactam a folha serão regidas pela Lei de Responsabilidade Fiscal.
Wellington retira projeto que suspende reajuste de servidores

Foto: Jorge Bastos

O governador Wellington Dias decidiu retirar de tramitação na Assembleia Legislativa a mensagem número 6 que trata da suspensão de reajuste, promoções, progressões e nomeações de servidores pelo período de um ano. A decisão foi tomada após ele considerar que a Lei de Responsabilidade Fiscal já prevê restrições para controlar o aumento do custo da folha de pagamento dos servidores. A decisão foi comunicada aos membros do legislativo, judiciário, CUT e sindicatos de trabalhadores, nessa quarta (27).

Segundo o governador, a medida foi informada em conversa com a Assembleia, Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça, Ministério Público, Central Única dos Trabalhadores e sindicatos. Ele explica que como o estado já está ultrapassando o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de 46,55%, a lei já determina medidas para controlar os gastos com folha.

“Atualmente estamos com 48,5% de gastos com folha, sendo que o limite máximo da LRF é 49%. Com isso, estamos colocando como referência as delimitações da LRF. Junto com isso, vou adotar um decreto com uma série de medidas, mas não teremos mais uma lei a ser votada na Assembleia”, afirmou.

Wellington destacou também que irá adotar as medidas que forem necessárias para manter o equilíbrio das contas do estado. “Há entre todos os setores uma compreensão de que o Piauí não pode entrar em colapso. Precisamos ter equilíbrio nas contas e manter a capacidade de investimento. Em razão disso, ficou acordado em retirar a mensagem e todos trabalharem juntos para que possamos executas todas as medidas, sem a criação de despesas que não sejam adequadas ao limite e, com isso, garantir o calendário de pagamento dos servidores, o repasse normal de recursos para os poderes, o funcionamento dos serviços e manter a capacidade de investimento”.

O governador alertou ainda que o estado está em um limite perigoso e que se o governo ultrapassar os 49% vai ficar impedido de ter convênios com a União e contrair empréstimos. “Eu acredito que, independente de quem for governo ou oposição, garantir o equilíbrio é o interesse maior do Piauí”, finalizou.

Os demais pontos da Reforma Administrativa continuarão tramitando normalmente.

Fonte: ascom

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Gilbués-PI Por Henrique Guerra

Câmara promulga Sanções Tácitas de Projetos de Lei do Ver. Henrique Guerra

Blog do Lucão (Timon e Região dos Cocais) Por Lucas Stefano

Jubileu é esfaqueado na 'Formosa' no final da tarde desta segunda-feira(15)

São João dos Patos - MA Por Cleyton Luis

15ª Ciretran e auto escola Abdon realiza blitz educativa

São Gonçalo do Piauí Por Francisco Myller

São Gonçalo do Piauí | Festa junina é realizada pela U.E. Sebastião Cruz

Joaquim Pires-PI Por João Victor

Confira o encerramento do Arraiá da Cidade de Joaquim Pires

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium