Domingo, 16 de fevereiro de 2020
86 9 9834-2372
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Piauí - Mensagem 6

Postada em 28/02/2019 ás 08h16

Publicada por: Bruna Sampaio

Wellington retira projeto que suspende reajuste de servidores
Decisões que impactam a folha serão regidas pela Lei de Responsabilidade Fiscal.
Wellington retira projeto que suspende reajuste de servidores

Foto: Jorge Bastos

O governador Wellington Dias decidiu retirar de tramitação na Assembleia Legislativa a mensagem número 6 que trata da suspensão de reajuste, promoções, progressões e nomeações de servidores pelo período de um ano. A decisão foi tomada após ele considerar que a Lei de Responsabilidade Fiscal já prevê restrições para controlar o aumento do custo da folha de pagamento dos servidores. A decisão foi comunicada aos membros do legislativo, judiciário, CUT e sindicatos de trabalhadores, nessa quarta (27).

Segundo o governador, a medida foi informada em conversa com a Assembleia, Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça, Ministério Público, Central Única dos Trabalhadores e sindicatos. Ele explica que como o estado já está ultrapassando o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal, que é de 46,55%, a lei já determina medidas para controlar os gastos com folha.

“Atualmente estamos com 48,5% de gastos com folha, sendo que o limite máximo da LRF é 49%. Com isso, estamos colocando como referência as delimitações da LRF. Junto com isso, vou adotar um decreto com uma série de medidas, mas não teremos mais uma lei a ser votada na Assembleia”, afirmou.

Wellington destacou também que irá adotar as medidas que forem necessárias para manter o equilíbrio das contas do estado. “Há entre todos os setores uma compreensão de que o Piauí não pode entrar em colapso. Precisamos ter equilíbrio nas contas e manter a capacidade de investimento. Em razão disso, ficou acordado em retirar a mensagem e todos trabalharem juntos para que possamos executas todas as medidas, sem a criação de despesas que não sejam adequadas ao limite e, com isso, garantir o calendário de pagamento dos servidores, o repasse normal de recursos para os poderes, o funcionamento dos serviços e manter a capacidade de investimento”.

O governador alertou ainda que o estado está em um limite perigoso e que se o governo ultrapassar os 49% vai ficar impedido de ter convênios com a União e contrair empréstimos. “Eu acredito que, independente de quem for governo ou oposição, garantir o equilíbrio é o interesse maior do Piauí”, finalizou.

Os demais pontos da Reforma Administrativa continuarão tramitando normalmente.

Fonte: ascom

R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
TV R10

»

Jornal Portal R10

»

Campo Largo-PI Por Roberto Freitas

Entrega de livros didáticos na E. M. Joca Batista Vila Carolina

São João da Serra Por Cosme Jales

Prefeitura vai reparar o dano e lamenta ocorrido em enchente no Itararé

Lagoinha do Piauí Por Mysael Santana

Vereador Romário comemora posse com grande festa em Lagoinha do Piauí

Lagoa do Piauí Por Tarcísio Oliveira

Lagopiense participa de campeonato internacional de Badminton

São João do Arraial-PI Por Leônidas Silva

Baleado em tentativa de assalto necessita urgentemente de doação de sangue

Mais lidas da semana

»

Municípios
© Copyright 2020 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium