Terça, 21 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

33°

24° 38°

Teresina - PI

Últimas notícias
Revista Advogados
Revista Advogados
Assuntos jurídicos com temas importantes da área.
Brasil Jurídico
08/03/2019 09h08 Atualizada há 3 anos
Por: David Pacheco

Empoderamento feminino:

A história de lutas das mulheres existe há mais de 200 anos, sendo manifestada por diversos momentos e fatos históricos marcantes. Considera-se como marco da historiografia feminista a luta organizada das mulheres por igualdade de direitos e deveres durante a Revolução Francesa. Aqui no Brasil, durante décadas, as mulheres foram consideradas apenas como “Rainhas do lar” e “incapazes”.  Até 1827 as mulheres não podiam sequer se matricular em instituições de ensino. Tiveram de esperar mais meio século para ter acesso à faculdade. Posteriormente, lutaram mais uma vez para ter direito ao voto feminino. É necessário relembrar as situações degradantes que viveram as mulheres durante séculos e a luta persistente que travaram para, finalmente, se firmarem como cidadãs. Somente depois da CF/88, mulheres foram reconhecidas como detentoras de direitos humanos, mesmo já constando da Declaração Universal de Direitos Humanos, que é do ano de 1948. É notório que muito ainda falta a ser conquistado, mas olhando para trás vemos o quanto já se caminhou.  Contudo, o que se constata é que dos tempos coloniais até a atualidade, mulheres brasileiras têm tomado a frente em lutas não só por igualdade de direitos, mas também por reconhecimentos sociais, culturais e políticos dentro da sociedade, e isso se chama empoderamento. O que não é comum se verificar é a exaltação nas manchetes e /ou noticiários. Muitas vezes suas ações são ignoradas e estas mulheres foram e ainda são excluídas da história, bem como dos seus anais. As mulheres tiveram e têm importância fundamental nas mudanças ocorridas no Brasil, quebrando paradigmas, sensos comuns, preconceitos das pessoas do seu tempo e influenciando a mudança do pensamento das que viriam depois. Portanto, mesmo com pequenas vitórias de mulheres notáveis contra enormes dificuldades que se depara numa sociedade que tem o machismo arraigado em seu seio, Elas  já demonstram a importância dessa contribuição para a construção da história do Brasil e de uma sociedade mais igualitária. Hoje a população brasileira conta com mais 100,5 milhões de habitantes, sendo que mais de 51,5% da população total são mulheres. Atualmente se vê mulheres em destaque nos mais diversos setores e segmentos, até mesmo exercendo funções antes ocupadas somente por homens e jamais pensadas pela sociedade em tê-las numa mulher, como piloto de avião, mecânica de aeronave, motoristas de ônibus e caminhão, mecânica de veículos, eletricista, entre outras.

Ainda assim, diariamente, nós mulheres somo vítimas de uma corrente que insiste em nos desqualificar e em nos dizer repetidamente como não podemos agir, como não podemos ser, o que não podemos fazer, mas principalmente quem não podemos ser, mas este comportamento aos poucos vai deixando de fazer arte de alguns setores da sociedade, pois  o gênero Masculino ou Feminino nunca definiu a capacidade de ninguém.

Dra Noélia Sampaio
Dra Noélia Sampaio

Então, é essencial o empoderamento em cada mulher na sociedade, para que tome consciência do poder que a ostenta, individual e coletivamente, e que esse sentimento tem a ver com o resgate de sua própria dignidade como pessoa. Muito tem-se utilizado desse termo nos últimos anos, para que se forme um conceito difundido na comunidade, em que a mulher se sinta protagonista da sua história, da sua vida, e trabalhe por um mundo melhor, participando igualitariamente da sociedade. Na Conferência Mundial das Mulheres, realizada em Pequim em 1995, criou-se um programa em prol do empoderamento da mulher para reforçar o aumento da participação feminina nos processos de tomada de decisões e no acesso ao poder. Preocupada com a maior participação da Mulher na sociedade, a ONU também criou princípios que seguem algumas diretrizes, que tem servido como referências, em especial no mundo corporativo.

Continua depois da publicidade

Cabe enfim, ressaltar, que o processo de empoderamento é visto como uma ação estreitamente relacionada a de participação efetiva, o que vendo sendo trabalhado há décadas, apenas nos últimos anos ganhou muita força. Por isso, Mulheres empoderadas ecoam suas vozes por onde passam e tendem a desconstruir o machismo que fez parte de suas vidas, com possível tendência singular, de no processo de emancipação, empoderar outras, permitindo que  cada dia mais e mais mulheres tomem consciência dos espaços que podem ocupar na sociedade e de seu potencial de realização.

Fonte: Redação
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp