Sábado, 18 de Setembro de 2021
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

34°

22° 37°

Teresina - PI

Últimas notícias
Polícia Ocorrência
08/03/2019 14h29 Atualizada há 3 anos
Por: Bruna Sampaio

Casa de suspeito foi usada como cativeiro de família de gerente do Itaú

A Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado- GRECO, com apoio operacional da Divisão de Operações Especiais - DOE deu cumprimento a seis mandados de prisão relativos ao crime Sapatinho (extorsão mediante sequestro), onde a vítima foi o gerente do banco Itaú localizado no centro de Teresina. 

O crime ocorreu no dia 17 de janeiro. Anderson Alves da Silva, vulgo Madruga, e João Bosco Santos, vulgo Para ou João de Deus, foram presos na madrugada de hoje em Picos. Ele foram abordados em um ônibus quando vinham da Paraíba, onde praticaram furtos a estabelecimentos com cofres e faziam uso de uma máquina para fazer o corte das chapas de aço que foi apreendida, assim como duas armas.

Foto: Divulgação/PC
Foto: Divulgação/PC

Também foi preso Abimael Pereira da Silva, vulgo Vei, apontado como chefe da organização e, segundo a polícia, já havia sido preso na Operação Cargas. Daniel Brito de Oliveira foi preso em decorrência de 'sapatinho' ocorrido em 2018 em Pedro II. 

Continua depois da publicidade

Ainda foram cumpridos mandados de prisão contra Benicio Rodrigues da Silva e José Francisco Sousa Costa Júnior, presos em fevereiro na cidade de Luis Eduardo Magalhães - BA, em ocorrência de 'sapatinho' contra gerente de banco na cidade. 

Crime em Teresina

De acordo com a polícia, Junior, Daniel e Pará renderam o gerente em sua casa, no bairro Parque Piauí e o levaram até o banco localizado rua Álvaro Mendes. Abimael, além de planejar toda a ação, juntamente com Pará prestou apoio à ação criminosa. A casa de Benicio foi usada como cativeiro da família do gerente.

As vítimas ficaram cerca de 20 horas sob pressão psicológica e só foram liberadas depois que o gerente  pegou todo o dinheiro que estava no cofre do banco e entregou aos bandidos. 

Todos os presos serão indiciados por extorsão mediante sequestro e organização criminosa no âmbito de inquérito policial presidida pelo Delegado Daniel Pires. 

Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp