Domingo, 26 de Junho de 2022
86 9 98219621

Redação

Whatsapp / Sugestôes

(86) 99821-9621

Cristina

Publicidade

(86) 99800-8359

29°

21° 34°

Teresina - PI

Últimas notícias
Brasil Tragédia
13/03/2019 11h23 Atualizada há 3 anos
Por: Bruno Paz

Atiradores entram em escola e matam alunos em São Paulo

Um colégio estadual de Suzano, na Grande São Paulo, foi palco de uma tragédia na manhã desta quarta-feira. Dois atiradores invadiram a Escola Estadual Raul Brasil , no Jardim Imperador, e abriram fogo a esmo no horário do intervalo. Eles mataram sete estudantes, uma funcionária do colégio e se suicidaram em seguida.

O ataque deixou ao menos 16 feridos, que foram encaminhados para dois hospitais da região e para o Hospital das Clínicas, na capital paulista, para onde foram transferidas duas vítimas que apresentam estado clínico mais grave.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A polícia investiga se os atiradores se envolveram em outro crime antes de invadirem a escola. Por volta das 9h, dois atiradores entraram em uma concessionária de carros que fica na vizinhança, a Jorginhos Veículos.

Segundo testemunhas, eles perguntaram pelo nome do dono do estabelecimento e, quando o homem se apresentou, deram três disparos. Na sequência, foram de carro até o colégio, distante cerca de 500 metros. A vítima está internada.

Imagens de câmera de segurança de um casa que fica na rua do colégio mostram os atiradores descendo de um carro branco. Minutos depois, o vídeo mostra dezenas de estudantes pulando o muro do colégio para fugir.

Segundo o comandante geral da PM, coronel Marcelo Vieira Salles, além de um revólver 38, os assassinos portavam arco e flechas, uma machadinha, coquetel molotov e artefatos explosivos.

Relatos feitos por testemunhas à polícia dão conta que os atiradores carregavam também uma caixa com fios, o que levou a polícia a suspeitar que poderia ser uma bomba.

Fonte: O Globo
Veja também
Desenvolvido por: Lenium®
Nosso grupo do WhatsAppWhatsApp