Segunda, 22 de julho de 2019
(86) 99915-1055
Receba notícias pelo WhatsApp WhatsApp
Inovance super banner
[email protected]
(61) 98191-9906
FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

FOCO NA POLÍTICA - Direto de Brasília

Jornalista Milton Atanazio Jornalista, comunicador, árbitro judicial, consultor diplomático, cônsul honorário da Bielorrússia, editor da Revista VOX e Publisher da BrazilianNEWS.

[email protected]

(61) 98191-9906

Política - Senado

Postada em 19/03/2019 ás 06h54

Publicada por: Jornalista Milton Atanazio

No dia 17 julho a gente vai estar com a reforma da Previdência aprovada'
texto só irá ao Senado se tiver o apoio de pelo menos 308 dos 513 deputados, em dois turnos de vota
No dia 17 julho a gente vai estar com a reforma da Previdência aprovada'

O prazo foi dado por Alcolumbre em entrevista ao programa 'Roda Viva', da TV Cultura

No dia 17 julho a gente vai estar com a reforma da Previdência aprovada', diz Alcolumbre

Mas por se tratar de emenda à Constituição (PEC), texto só irá ao Senado se tiver o apoio de pelo menos 308 dos 513 deputados, em dois turnos de votação.

O presidente do Senado Davi Alcolumbre (DEM-AP) afirmou nesta segunda-feira (18) que a reforma da Previdência será votada e que estará aprovada no Senado até o recesso parlamentar, em 17 de julho. Antes, o senador previa que o texto seria aprovado antes de julho.

O prazo foi dado por Alcolumbre em entrevista ao programa 'Roda Viva', da TV Cultura. "No dia 17 de julho a gente vai estar com a reforma aprovada. Eu compreendo que a Câmara também está se vendo como parte desse processo de reconstrução do Brasil. O que atrapalhou foram esses 15 dias de formatação da Comissão de Constituição e Justiça", disse ao falar sobre o andamento do texto entre os deputados.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na Câmara é a primeira etapa para a tramitação do projeto enviado pelo presidente Jair Bolsonaro e foi instalada no dia 13 de março.

Se for aprovada a admissibilidade da proposta na CCJ, o texto seguirá para a análise de uma comissão especial, responsável por discutir o mérito da reforma, ou seja, o conteúdo enviado pelo governo.

Por se tratar de emenda à Constituição (PEC), a reforma da Previdência só seguirá para o Senado se tiver o apoio de pelo menos 308 dos 513 deputados, em dois turnos de votação.

 

Fonte: g1

O conteúdo divulgado aqui neste espaço através de fotos, textos, vídeos e/ou opiniões são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo divulgado não expressa e não mantém nenhuma relação com a linha editorial e a visão do PortalR10.
R10 no Facebook:
imprimir
Veja também
Jornal Portal R10
Últimas
Mais lidas da semana
TV R10
Municípios
© Copyright 2019 - Portal R10 - Todos os direitos reservados
R10 TV Municípios Colunas Anuncie Fale conosco
Site desenvolvido pela Lenium